Abel Braga elogia postura do Fluminense

Para técnico, chave da vitória foi a velocidade do jogo tricolor no segundo tempo

Um resultado para dar confiança para o restante do Campeonato Brasileiro. Assim pode ser definida a vitória do Fluminense sobre o Coritiba por 2 a 0, no Couto Pereira, neste domingo, 5. Jogando fora de casa, o time tricolor soube impor o seu estilo de jogo e buscar o gol desde o início da partida. Com o resultado, a equipe chegou aos 29 pontos, manteve o terceiro lugar e se aproximou de Atlético-MG (32 pontos) e Vasco (31 pontos). E ainda quebrou um tabu de 24 anos sem vitória sobre o adversário fora de casa.

Para o técnico Abel Braga, o time soube jogar, no segundo tempo, com as ausências de Deco e Wellington Nem, que saíram machucados. Para o treinador, se por um lado o time perdeu na qualidade do passe, ganhou na velocidade, o que foi importante para conseguir a vitória.

"Hoje, enfrentamos uma equipe muito difícil, procuramos assutá-los, fazendo marcação mais alta. No primeiro tempo, o que houve de errado para a nossa equipe foi o último passe. No segundo tempo, continuamos com uma boa marcação e acertamos o último passe. Conseguimos os gols e é uma vitória muito importante", disse Abel.

O treinador elogiou as entradas de Wagner e Marcos Jr, que substituíram Deco e Wellington Nem, respectivamente, que saíram machucados. Os jogadores saíram do banco e participaram dos dois gols da equipe. E também elogiou Fred, que marcou o último gol tricolor e evitou um do Coritiba, quase sobre a linha, no primeiro tempo.

"A gente fica contente porque ele marcou e a função do atacante é essa. Mas ele teve a necessidade de salvar um gol, num momento importante, porque poderia haver um baque psicológico para a gente. Eles poderiam ficar na frente, nós teríamos de nos lançar para o ataque, o Coritiba é uma equipe veloz, poderíamos nos complicar. Então, parabéns não só para ele, mas para toda a equipe pela boa vitória", concluiu o treinador.