thumbnail Olá,

Confiante no potencial do grupo, Jefferson espera que time assuma postura vencedora

Dono da camisa 1 de um Botafogo forte, mas que ainda não conseguiu capitalizar seu potencial em pontos no Brasileiro, Jefferson espera que o elenco assuma a responsabilidade de levar o Glorioso de volta a Libertadores.

“Se olharmos no papel, nosso time tem jogadores qualificados, de seleção, de nome. Acho que está faltando sermos um pouco mais competitivos, cada um ter sua responsabilidade e assumir que o Botafogo esse ano tem que, pelo menos, chegar à Libertadores. Não podemos mais bater na trave”, decretou o goleiro.

Já em Goiânia, onde encara o Atlético-GO às 18h30 deste sábado, pelo Brasileiro, o Botafogo treinou no CT do Goiás na tarde desta quinta-feira. Na cabeça, apenas o confronto do final de semana e a certeza de que qualquer descuido pode ser fatal, mesmo contra o penúltimo colocado da competição nacional.

“O maior respeito que podemos demonstrar ao Atlético-GO é entrar em campo correndo muito para ganhar a partida. Se entrarmos menosprezando eles, achando que venceremos a qualquer momentos, seremos surpreendidos. Temos que entrar ligados desde o início”, lembrou Jefferson.

Uma das armas do Glorioso para a partida no Serra Dourada pode ser a presença da torcida alvinegra, que tem na região Centro-oeste uma de suas maiores concentrações.

“Temos uma grande torcida na região e esperamos que ela possa comparecer para nos ajudar porque essa vitória, que será muito importante para voltarmos o mais rápido possível para o G4”, ressaltou Jefferson.

Relacionados