thumbnail Olá,

Ex-volante foi companheiro do holandês no Milan, e projeta sua estreia pelo Botafogo

Somente um imprevisto muito grande evita que Seedorf faça sua estreia contra o Botafogo neste domingo, diante do Grêmio. A equipe gaúcha já fica atenta a esta possibilidade, principalmente o auxiliar técnico Émerson, que foi seu companheiro no Milan entre 2007 e 2009.

Ao ser informado por um repórter sobre a regularização do meia holandês no BID, o ex-jogador disparou.

"Não tem jeito, então. Só com uma partida perfeita para segurar o homem."

Emerson ainda admitiu que o Grêmio não tem uma estratégia específica contra o novo camisa 10 alvinegro, mas alerta quem quer que fique responsável pela marcação em seu setor de atuação.

"Não sei se teremos marcação especial, mas quem ficar no setor dele precisará ter uma atuação perfeita. Tirar todo espaço. Seedorf chuta de fora da área, de qualquer distância, tem ótima visão de jogo, decide um lance em menos de um segundo e descobre o companheiro livre sem olhar."

Por fim, o assistente de Vanderlei Luxemburgo ainda elogiou o antigo colega.

"É um cara que admiro muito. Perdi contato desde 2009 quando vim para o Brasil. Foi fácil, pois ele fala português (a esposa é brasileira). É um cara positivo, líder, com personalidade forte. Quem não o conhece, o acha uma ‘mala do futebol’. É só o jeito de andar, o estilo."

"É um cara simples, vem de família humilde (nasceu no Suriname), sofreu na vida e não esqueceu as raízes. Não é a toa que combate o racismo. É um exemplo", sintetizou Emerson.

Fonte: Globoesporte

Como se atualizar com as notícias do futebol mundial fora de casa? Com http://m.goal.com - sua melhor fonte de cobertura para celulares do futebol.
          

Relacionados