thumbnail Olá,

Meio-campista amarga o banco no Alvinegro

No banco de reservas do Botafogo, Elkeson vê o interesse de outros clubes em seu futebol esfriar. O jogador, recentemente, recebeu uma proposta do Bologna que foi rejeitada pela diretoria do Alvinegro. O clube italiano oferecia 4,5 milhões de euros, uma quantia considerada insuficiente pela direção carioca, que teria estabelecido um preço em torno dos 6 milhões para negociar o atleta.

Os italianos, entretanto, não apresentaram uma nova oferta e o negócio esperado pela cúpula de futebol do Glorioso parece que não sairá. Por enquanto, as negociações estão paradas.

- Como atualmente ele está no banco de reservas, é natural que a procura diminua. Isso é normal, faz parte do futebol. Existem algumas sondagens, mas oficial, agora, não tem nada. Ele é jogador do Botafogo e está trabalhando para voltar a figurar entre os titulares. É uma decisão que cabe apenas ao técnico Oswaldo de Oliveira – disse Olivério Júnior, que trabalha no escritório que agencia a carreira do meia, ao Lancenet.

Elkeson tem 22 anos e chegou ao Botafogo proveniente do Vitória. Logo no início, destacou-se na disputa do Carioca de 2011 e do Brasileirão, mas acabou caindo muito de produção ao longo da temporada. O bom começo no ano passado rendeu ainda uma convocação para a Seleção Brasileira de Mano Menezes.

No contrato, o jogador leva uma multa rescisória de 10 milhões de euros, cerca de R$ 25 milhões. Antes mais valioso, o atleta que vem alternando bons e maus momentos nesta temporada está cotado para deixar General Severiano e gerar capital ao time do Rio de Janeiro.

Relacionados