thumbnail Olá,

Treinador acumula passagens curtas por clubes da elite do futebol brasileiro

Adilson Batista teve hoje, terça-feira, a notícia de mais uma passagem curta de sua carreira por um clube da elite do futebol brasileiro. O treinador foi demitido do Atlético-GO com apenas 40 dias à frente da equipe, juntando-a ao grupo de Corinthians, Santos, Atlético-PR e São Paulo, outras passagens meteóricas do mesmo.

No clube goiano, foram 10 partidas: 5 vitórias, 4 empates e apenas 1 derrota. A série de exibições irregulares, entretanto, muito criticadas pela torcida, foi determinante para a demissão do técnico. O empate de 1 a 1, dentro de casa, na última rodada do Brasileiro, diante da Ponte Preta, parece ter sido a gota d'água do copo que estava prestes a transbordar.

No Serra Dourada, o Atlético voltará a campo no dia 6 de junho, contra o Grêmio. A diretoria tem até lá para definir quem será o próximo comandante. Hélio dos Anjos é especulado no cargo.

Relacionados