thumbnail Olá,

Ele sofreu uma crise de apendicite e passará por cirurgia na tarde desta quinta, no Hospital São Luiz, no bairro paulistano do Morumbi

Segundo o site globoesporte.com, o atacante Hernán Barcos está fora do jogo desta quinta-feira, às 21h50, contra o Coritiba, na Arena Barueri. Ele sofreu uma crise de apendicite e passará por cirurgia na tarde desta quinta, no Hospital São Luiz, no bairro paulistano do Morumbi. O jogador também não enfrentará a equipe paranaense no segundo jogo da final da Copa do Brasil, dia 11 de julho.

O argentino se sentiu mal pela manhã, logo que acordou, reclamando de dores na região do abdomen. Ele foi analisado pelo médico Otávio Vilhena, medicado, mas continuou reclamando das dores. Levado a um hospital da região de Alphaville, os exames constataram uma apendicite.

"O Otávio o examinou, e é com tristeza que damos essa notícia. Já suspeitávamos de um problema do tipo logo na primeira análise, e foi confirmado com os exames. Não tem a menor possibilidade de estar em campo nas duas partidas",afirmou o médico Vinícius Martins.

A crise do atacante foi repentina e surpreendeu o departamento médico, que não havia recebido qualquer queixa de Barcos desde que ele chegou ao clube no início do ano.

"Uma pena isso acontecer justo no dia da final. Agora é torcer por uma boa recuperação. Ele precisa ser tratado com todo o cuidado agora",ressaltou Vinícius Martins.

Barcos tem 14 gols na temporada, e já vislumbrava a possibilidade de seu primeiro título com a camisa do Palmeiras. Ele estipulou uma meta de 27 gols e até teve a promessa de Felipão de que ganharia um churrasco se atingisse a marca. Sua presença na Arena Barueri é tida como improvável pelo departamento médico, pois precisa ficar em repouso, mas ele poderá acompanhar a delegação no jogo de Curitiba.

Sem Barcos, o técnico Luiz Felipe Scolari tem apenas duas opções no banco de reservas: Maikon Leite e Betinho. Felipão já tinha um problema em outra posição vital da equipe. O zagueiro Henrique está suspenso e vai assistir ao jogo das tribunas. Desde que o técnico deslocou o defensor para o meio-campo, o Palmeiras passou a ter mais segurança na defesa e parou de sofrer gols considerados “bobos”. Sem Henrique, Márcio Araújo será titular nesta quinta-feira.

Relacionados