thumbnail Olá,

O que esperar das partidas que definem os dois finalistas do maior torneio eliminatório do país? Goal.com analisa os duelos da próxima semana

Faltam apenas 180 minutos para conhecermos as duas equipes que decidirão a Copa do Brasil 2012. Palmeiras e São Paulo largam em vantagem, enquanto Grêmio e Coritiba tentam reverter situações desfavoráveis para chegar à grande decisão.

Goal.com analisa alguns aspectos que devem marcar os dois jogos da próxima semana.

PALMEIRAS (2) X GRÊMIO (0)

Mesmo com a confortável vantagem de dois gols, além do benefício de decidir em casa, o Palmeiras deve adotar a cautela na próxima semana. Felipão não deve dar chance ao azar em São Paulo, ainda mais em uma equipe que ainda ressente a eliminação precoce no Campeonato Paulista. Nesse sentido, o trio Henrique-João Vitor-Assunção deve desempenhar papel importante, segurando o avanço dos gaúchos e tentando ligar os mesmos contragolpes que decidiram no Olímpico.

Ao Grêmio não resta alternativa senão buscar o ataque desde o primeiro minuto. Com uma desvantagem de dois gols, Vanderlei Luxemburgo precisa encontrar uma maneira de fazer seu ataque funcionar, principalmente na criação das jogadas. Ao mesmo tempo, deve conseguir conter uma equipe afeita aos contra-ataques, e que jogará empurrada por seu torcedor. Realmente, um desafio e tanto para o clube acostumado a grandes momentos de superação.

OLHO NELES
Kléber, atacante Assunção, volante
Recém-voltado de lesão, a maior contratação do Grêmio para a temporada precisará voltar à forma mais rápido do que o planejado, para ajudar a equipe em São Paulo. No momento, o ‘Gladiador’ é a peça mais efetiva do ataque gremista. Líder, o volante é um dos fundamentos do ataque palmeirense, no qual contribui também com a cobrança qualificada de bolas paradas. Em São Paulo, Assunção será importante para o Verdão manter a tranquilidade e segurar a vantagem.

CORITIBA (0) X SÃO PAULO (1)

Dadas as circunstâncias que se apresentaram no Morumbi, a vitória magra por 1 a 0 se tornou um excelente resultado para os tricolores. Com a vantagem, o técnico Émerson Leão pode optar por esperar pelo adversário no Couto Pereira, passando a explorar os contragolpes. Entretanto, precisará fazer a melhor escolha do substituto para Paulo Miranda, que vinha de boa sequência e acabou expulso nesta quinta-feira. João Filipe, Uvini e Edson Silva surgem como opções para a vaga.

Se pôde se dar ao direito de jogar de maneira mais defensiva em São Paulo, Marcelo Oliveira deve utilizar força máxima em Curitiba. O meia Tcheco e o lateral-direito Jonas devem ser voltas importantes para a equipe na próxima quarta-feira. A força de sua casa será importante, mas o Coxa precisa ir além e aproveitar as vantagens que aparecerem, como não aconteceu no Morumbi.

OLHO NELES
Tcheco, meia Lucas, meia
O experiente meia é um dos jogadores mais acostumados a momentos decisivos, e terá a missão de transmitir essa experiência para levar os alviverdes à sua segunda final seguida de Copa do Brasil. Depois de decidir no Morumbi, a expectativa é de que o garoto repita a dose no Paraná. Se o Coritiba se lançar ao ataque, o meia deve ganhar espaços importantes para criar, tornando-o uma ameaça ainda maior.

Relacionados