thumbnail Olá,

Para ex-jogador as obras avançam menos que os preços da construção, que só sobem

O ex-jogador, e atualmente deputado federal, Romário, criticou novamente a continuidade das obras do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014. Segundo o Baixinho, o custo da obra vem aumentando mais do que se nota o avanço na construção. Em entrevista ao 'Jogo Extra', o tetra-campeão do mundo não quis críticar seus ex-companheiros Ronaldo e Bebeto, no entanto não poupou o governo do Rio de Janeiro.

"É lamentável ver um estado como o Rio de Janeiro gerir tão mal esta reforma. O maior avanço é o do preço. Uma reforma de R$ 750 milhões que já está quase em R$ 1 bilhão. Greves e atrasos são as marcas dessa obra", afirmou.

Romário ainda deixou claro que o jogo de inauguração sairá de qualquer forma, mesmo que com o jeitinho brasileiro improvisando:

"Tenho certeza que o jogo (de reinauguração) vai acontecer, mas acho um absurdo esses atrasos que só encarecem a obra. Mesmo que o estádio não esteja completamente pronto, pode ter alguma coisa ali arrumada com o jeitinho brasileiro e a finalização só acontecer depois", apostou Romário.