thumbnail Olá,

Estádios e aeroportos foram os investimentos que mais fugiram à previsão inicial

As obras para a Copa do Mundo de 2014 ficaram mais caras. De acordo com relatório divulgado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) na última quinta-feira, os investimentos ficaram 14,7% acima da previsão inicial, passando de R$ 23,8 bilhões para R$ 27,3 bilhões.

No levantamento apresentado na 'Matriz de Responsabilidades', a maior parte da diferença de R$ 3,5 bilhões ficaram nas obras com aeroportos (R$ 1,77 bilhão) e estádios (R$ 1,13 bilhão). A mobilidade urbana foi o único fator que teve um decréscimo na revisão, passando a custar R$ 123 milhões a menos.

O valor total em investimentos está dividido entre Governo Federal (R$ 16,2 bilhões), governos locais (R$ 6,7 bi) e iniciativa privada (R$ 4,2 bi).

Relacionados