Japão x Grécia: Seleções miram primeira vitória no Mundial

Após derrotas para Costa do Marfim e Colômbia, só a vitória interessa para Japão e Grécia

Grécia e Japão entram em campo nesta quinta-feira com a pressão da vitória para manter as esperanças de classificação para a próxima fase da Copa do Mundo, após derrotas para Colômbia e Costa do Marfim respectivamente.

Conhecido por sua força defensiva, os gregos jogaram no ataque na primeira partida, após sofrerem o gol aos cinco minutos do primeiro tempo.

"Eu sei que todos esperavam os 11 jogadores da Grécia atrás da bola e apenas defendendo. Mas eu acho que o que eles viram foi um time que gosta de atacar, que toca a bola muito bem e que tenta sempre criar chances. Nós saímos para ganhar contra a Colômbia, e a nossa  filosofia não vai mudar.", disse o atacante Georgios Samaras.

Apesar da derrota por 3 a 0 para os colombianos, o jogador afirmou que a equipe não pretende mudar o estilo de jogo e que só a vitória interessa.

"Nós apenas esperamos um melhor resultado, porque precisamos vencer o Japão, é uma necessidade" disse.

Pelo lado do Japão, o meia-atacante Honda, afirmou que a equipe precisa pressionar a Grécia para sair com um resultado positivo da Arena das Dunas.

"Precisamos manter a posse de bola e não entregá-la facilmente. E quando perdermos, devemos pressionar imediatamente. Essa é a nossa filosofia. O último jogo perdemos a bola muito facilmente", analisou o jogador.

O técnico Alberto Zaccheroni admitiu que pode mudar a equipe após perder para a Costa do Marfim por 2 a 1 no último sábado.

Grécia e Japão se enfrentam nesta quinta-feira, às 19h, na Arena das Dunas, em Recife.