thumbnail Olá,

José Luis Meiszner afirma que situação foi um péssimo exemplo

Apesar de não ser um anúncio oficial, o diretor-executivo da Conmebol, José Luis Meiszner, comentou sobre a confusão na partida entre Atlético Mineiro e Arsenal de Sarandí, quando os jogadores argentinos entraram em confronto com os policiais mineiros.

"O que a polícia do Brasil fez ontem à noite aos jogadores do Arsenal-ARG é imperdoável e incompreensível, não se pode repetir. No entanto, não podemos garantir, de maneira séria e responsável, que isso não voltará a acontecer, porque temos limitações", afirmou Meiszner, em entrevista divulgada pelo Globoesporte.

O diretor ainda criticou mais toda a situação e falou que foi um péssimo exemplo. "O ocorrido ontem no Brasil foi um caso de má aplicação das medidas de segurança, porque o que a polícia local fez foi um ato antinatural para uma sociedade moderna."

Relacionados