thumbnail Olá,

Técnico pede que responsáveis pela morte de Kevin Douglas sejam punidos

Após a vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Millonarios na noite da última quarta-feira, no Pacaembu, o técnico Tite falou mais uma vez sobre a morte do garoto Kevin Douglas Beltrán Espadas, de 14 anos, que aconteceu em Oruro, há uma semana.

Discordando da declaração do presidente corintiano, Mário Gobbi, que classificou o incidente como "uma fatalidade", Tite disse não acreditar em acidentes.

"Não foi acidente. Para mim não é acidente. Acidente é outra coisa. Passa o tempo, começo a refletir e pergunto o meu papel nessa história. Quero que haja justiça, que pare a impunidade e que os responsáveis sejam punidos. Que as pessoas que comandam tenham compreensão dos fatos," declarou.

O técnico também revelou que tenta manter o assunto longe das conversas com os jogadores.

"Vocês da imprensa já falaram muito desse assunto. Por isso eu trago apenas a questão tática para a equipe, estrategiamente. Cobrei dos atletas aspectos técnicos e individuais, de concentração, de cobertura. Isso tem que diminuir," encerrou.

Relacionados