thumbnail Olá,

A Conmebol recusou a apelação enviada pelo Corinthians na última sexta-feira e, assim, o time jogará com portões fechados suas próximas partidas da Libertadores


O Corinthians jogará com portões fechados nas suas próximas partidas pela Taça Libertadores. A decisão foi da Conmebol que recusou a apelação enviada pelo clube paulista na última sexta-feira. A primeira partida será diante do Millonarios, da Colômbia, às 22h desta quarta-feira, no Pacaembu.

Além do duelo com o Millonarios, no dia 13 de março, o Corinthians também enfrentará em casa o Tijuana, do México e o San José, da Bolívia, no dia 10 de abril.

O Corinthians informou que irá ressarcir os torcedores que compraram ingressos para as partidas em casa e pediu que os corintianos evitem a região do Pacaembu enquanto a punição estiver valendo.

A medida cautelar imposta ao clube - devido a morte do torcedor Kevin Espada, atingido por um sinalizador, durante o jogo contra o San José, na Bolívia - determina que o Corinthians atuará em casa com os portões fechados e sem sua torcida nos jogos como visitante pelo prazo de 60 dias e até que o caso da morte do garoto seja resolvido.

A diretoria do clube ainda aguarda o julgamento definitivo por parte da Comissão Disciplinar da Conmebol, o que deve ocorrer nos próximos 60 dias.

Leia a nota oficial do Corinthians:

"A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista, no intuito de defender os direitos dos torcedores, principalmente aqueles que já adquiriram os ingressos de forma antecipada, tentou todos os recursos jurídicos para reformar a medida cautelar imposta ao clube pela Conmebol na última quinta-feira.
Como o pedido de reforma foi negado, o Corinthians acata a decisão da entidade sul-americana e mandará as partidas da Copa Libertadores com os portões fechados até o julgamento, que deverá ocorrer no prazo de 60 dias.
Os torcedores que adquiriram ingressos poderão usar os valores como crédito no programa Fiel Torcedor ou pedir o ressarcimento do dinheiro. No entanto, como o volume de recursos e número de torcedores afetados é muito grande, nem todos poderão ser atendidos nas primeiras horas. Por isso contamos com a paciência dos afetados pelos cancelamentos.
Por fim, pedimos ao torcedor que evite ir às imediações do estádio do Pacaembu durante o período em que a punição valer. Tenha certeza que a camisa corinthiana será, como sempre, honrada, com muito suor e determinação."

Relacionados