thumbnail Olá,

Diretoria cumpriu determinação da Conmebol e interrompeu comercialização de ingressos, mas segue confiante de que punição será revista

O Corinthians já entrou com recurso para que a Conmebol suspenda a punição aplicada por conta da morte do torcedor Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, depois de ser atingido por um sinalizador atirado pela torcida corintiana no estádio de Oruro, Bolívia, na última quarta-feira. Mas, como medida preventiva, o clube decidiu interromper a venda dos ingressos para os jogos dentro da casa na fase de grupos da competição.

O primeiro deles será na semana que vem, contra o Millonarios. Depois, no dia 13 de março, o Corinthians recebe o Tijuana. Encerrando a primeira fase, no dia 10 de abril, é a vez do San José. A diretoria divulgou que mais de 30 mil ingressos já sido comercializados para o jogo da próxima semana, que será o primeiro do Timão como mandante defendendo o título do torneio continental. Somando todas as partidas fa fase de grupos, foram vendidos mais de 80 mil entradas.

O clube segue confiante de que a punição será cancelada. A defesa do clube alega que a entidade não cumpriu com os fatores exigidos para aplicação de medida cautelar e que penas como esta só poderiam ser aplicadas depois de uma investigação, e com direito a defesa.

Entretanto, caso a pena seja confirmada, o Corinthians declarou que todos os torcedores que já compraram seus ingressos terão direito a ressarcimento total. Mas, otimista, a direitoria sequer planejou uma maneira de devolver o dinheiro. Uma decisão é esperada até a próxima quarta-feira.

Relacionados