thumbnail Olá,

Clube divulgou nota oficial informando que vai entrar com recurso para ter direito de jogar com torcida na Libertadores

A diretoria do Corinthians divulgou, nesta sexta-feira, nota oficial informando que vai tentar de todas as maneiras reverter a pena aplicada pela Conmebol.

Por conta da morte do torcedor do San José Kevin Douglas, de 14 anos, atingido por um sinalizador disparado pela torcida corintiana, o clube terá de jogar com portões fechados na Libertadores e não terá direito a ingressos nas partidas que fizer fora de casa.

Entretanto, a cúpula alvinegra considerou a medida injusta e disse que irá recorrer, pedindo ainda que os torcedores que já compraram ingressos para as próximas partidas aguardem até o dia 27 de fevereiro para saber o que irá acontecer.


Confira a nota completa:  


A direção do Sport Club Corinthians comunica aos seus torcedores que lançará mão de todos os recursos legais para reformar a decisão imposta pela Conmebol, nesta quinta-feira, dia 21 de fevereiro.

O Corinthians avalia que a punição imposta é injusta, na medida em que prejudica diretamente o direito de inocentes. A medida fere não só o clube, mas, principalmente, os mais de 80 mil torcedores que perderão o direito, já adquirido de forma antecipada, e que não merecem tal pena.

A direção do Corinthians faz questão de deixar claro que confia na Justiça, no bom senso da Conmebol e nos seus órgãos disciplinares.

Por fim, aos torcedores que compraram os bilhetes antecipados, a Diretoria acredita na reforma da pena e pede que todos esperem até a próxima quarta-feira (27) por novas informações.

Relacionados