thumbnail Olá,

Jovem de 14 anos não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho de hospital

Um torcedor boliviano faleceu a caminho de um hospital em Oruro, após ser atingido por um rojão durante a partida entre San José e Corinthians, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, nessa quarta-feira. Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, sofreu uma lesão no olho e não resistiu aos ferimentos causados pelo artifício. A informação foi confirmada pelo periódico boliviano La Razón.

Cerca de nove torcedores corintianos estão detidos pela polícia local, que deverá abrir um inquérito para investigar o caso ainda nesta quinta-feira. Indignados, alguns torcedores do San José estariam esperando a torcida corintiana ao final da partida, no intuito de revidar o falecimento do garoto.

O San José publicou uma nota em sua conta oficial do Facebook lamentando o ocorrido, e o sentimento também era de muita tristeza no Corinthians.

"Fica dificil falar do jogo ou de qualquer outra coisa depois do que aconteceu", disse o diretor executivo Edu Gaspar à Fox Sports, visivelmente emocionado.

"O foguete caiu muito proximo de onde estávamos. E vimos o desespero das pessoas. A torcida se voltou contra a gente. Entendemos a revolta e preferimos sair da tribuna."

O técnico Tite também se abalou com o fato: "Eu trocaria o título mundial [conquistado no final do ano passado] pela vida deste garoto."

A partida terminou empatada em 1 a 1, gols do peruano Paolo Guerrero e de Carlos Saucedo.

Através do seu site oficial, a diretoria do Corinthians divulgou uma nota oficial sobre o ocorrido. Em poucas palavras, o clube lamentou o ocorrido e se colocou à disposição para auxiliar no que for necessário.

Confira a nota completa:

"A direção do Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente a morte de um torcedor na partida contra o San José na noite da quarta-feira (20) e se coloca à disposição para ajudar no que for possível, mesmo sabendo que nada apagará a dor causada pelo incidente."

Relacionados