thumbnail Olá,

Treinador fala em 'bom senso' para sugerir volta ao antigo estádio em jogos da Libertadores

Os problemas apresentados pela nova Arena do Grêmio começam a irritar a própria comissão técnica. Após a derrota por 2 a 1 nas mãos do Huachipato, na quinta-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo não poupou críticas ao gramado do estádio, e sugeriu um retorno ao Olímpico até que a nova casa esteja em condições de receber uma nova partida.

Para poupar o gramado do novo estádio, o 'Monumental' tem sido utilizado para receber os jogos da equipe durante o Gauchão 2013.

"O bom senso deve prevalecer. Quem sabe não podemos jogar no Olímpico por um mês? O gramado da Arena não está pronto ainda. A OAS é parceira do Grêmio. Por que não sentar e conversar sobre esta situação? Se você leva oito ou dez segundos para dominar uma bola, o adversário já se fechou", disparou Luxa, em declarações reproduzidas pelo ESPN.

O treinador, no entanto, não esqueceu da parcela da equipe no resultado positivo, argumentando que alguns jogadores ainda estão se entrosando ao elenco. Até por isso, ele se nega a colocar o jogo contra o Fluminense, na próxima quarta-feira, como definidor da sorte tricolor na Copa Libertadores.

"Esta semana só se falou no Grêmio. Fizemos ótimas contratações e viramos candidatos a ganhar a Libertadores em quatro ou cinco dias. Mas tem um detalhe: para tudo isso acontecer, esse time tem que jogar, e ele ainda não jogou. Esse processo é muito normal. Agora vai haver a cobrança, e teremos que correr atrás."

"Nós não podemos jogar toda a nossa classificação contra o Fluminense. Com 10 pontos é possível alcançar a classificação, e temos mais 15 para disputar", acrescentou Luxemburgo.

Antes do duelo contra o Flu (Engenhão, 22h), o Grêmio recebe o Veranópolis no Olímpico, no domingo, pelo Campeonato Gaúcho.

Relacionados