thumbnail Olá,

Mandatário corintiano se irritou com a atuação do colombiano José Hernando Buitrago. Jorge Henrique foi expulso no início da segunda etapa

Não foram só os jogadores do Corinthians que saíram revoltados com arbitragem do colombiano José Hernando Buitrago. Após o empate sem gols com o Emelec, em Guayaquil, no Equador, o presidente Mário Gobbi Filho criticou veementemente o árbitro e a Conmebol.

– A sensação foi que ele operou o Corinthians. É um incompetente. A Conmebol tem que punir esse árbitro, afastá-lo. É incompetente. Não quero que aconteça mais isso – declarou o mandatário.

O principal motivo da bronca alvinegra aconteceu devido à expulsão de Jorge Henrique. No início do segundo tempo, o atacante cometeu falta no meio-campo e foi expulso ao receber o segundo amarelo. Danilo, Edenílson, Leandro Castásn, Emerson e Chicão também foram advertidos com cartão. Muito nervoso Mário Gobbi chegou a dizer que o Brasileirão e Campeonato Paulista são maiores do que a Copa Libertadores.

- Isso é uma vergonha, varziano. Só um incompetente para fazer isso que fez hoje. O Corinthians tem um time que custa milhões para disputar um campeonato varzeano. O Brasileiro é muito maior que a Libertadores. O Paulistão é muito maior do que a Libertadores. O Corinthians não vai ser mais roubado como foi – completou.

Relacionados