thumbnail Olá,

Riccardo Bigon descarta saída do atacante uruguaio, e abre mão da disputa pelo Scudetto: "Parabéns à Juventus"

Parece cada vez mais certo que somente uma quantia exorbitante poderá tirar o atacante Edinson Cavani do Napoli. O diretor de futebol da equipe biancazzurri, Riccardo Bigon, garantiu que o jogador não está no mercado, apesar das prováveis investidas de clubes como Real Madrid e Manchester City, e que o clube trabalha sempre para melhorar o elenco, nunca para diminuí-lo.

"Ele [Cavani] está bem no Napoli, e em Napoli [cidade]. Não queremos interromper esta relação, e nem vamos deixar o mercado fazer isso. O mercado não dita como devemos agir", declarou em entrevista à Radio Uno.

"Cada elenco pode ser melhorado, não é justo falar em mudanças neste momento. A intenção é melhorar sempre, e não derrubar tudo o que já foi construído."

Bigon ainda garantiu a permanência do técnico Walter Mazzarri no comando da equipe, em função dos grandes resultados obtidos nos últimos anos.

"Conheço ele há muitos anos, é um grande profissional, muito dedicado ao trabalho. Vamos continuar a escrever a história do clube mais um pouco. Estamos crescendo e as perspectivas são boas."

Ainda que tenha chances matemáticas de título na Serie A (diferença de onze pontos em relação à líder Juventus, com cinco rodadas faltando para o fim do campeonato), os Partenopei reconhecem que a missão é praticamente impossível. Prova disso é o reconhecimento do dirigente, que praticamente abre mão da disputa.

"Parabéns à Juventus por uma temporada incrível, é preciso aplaudir quem conseguiu fazer melhor do que a sua equipe. Se pudéssemos garantir hoje o segundo lugar, diria que conquistamos nosso título particular."

"Sempre tivemos o título como objetivo, mas a Juventus nunca perdeu regularidade. Acreditamos até o fim, mas ficamos para trás em duas, três partidas", acrescentou o cartola.

Relacionados