thumbnail Olá,

Técnico do Milan elogiou o rival e disse que os rossoneri não irão encarar o clássico com efeito oba-oba por vitória na Champions

O técnico do Milan, Massimiliano Allegri, foi rápido em reconhecer as forças do seu rival local antes do derby no San Siro, neste domingo.

O rejuvenescido time rossonero chega para o duelo com a Inter ligeiramente favoritos depois da vitória sobre o Barcelona por 2 a 0 na Liga dos Campeões, mas Allegri insiste que tudo que irá contar é o que vai acontecer durtante os 90 minutos em campo.

"A Inter tem um bom elenco que pode superar quaisquer ausências que eles possam ter. Temos de perceber que estaremos de frente com um time que, até algumas semanas atrás, estava 13 pontos na nossa frente. O crédito da partida de quarta-feira vai todo para os jogadores, mas amanhã é outra história, para o campeonato e para a cidade. A Inter conquistou muitos pontos no começo da temporada e merece respeito. Será difícil, mas o derby é um jogo único e nós precisamos desse resultado positivo," disse Allegri.

Stephan El Shaarawy, Mario Balotelli e M'Baye Niang são esperados como homens de frente do Milan, como aconteceu em partidas recentes na Serie A, e é um tridente ofensivo que tirou suspiros do presidente Silvio Berlusconi.

"Na frente, temos três jogadores que tem apenas 60 anos entre eles. Espero que Balotelli possa se manter o homem ponderado e educado que é. Em campo, durante as partidas e nos treinos, ele é um profissional perfeito. Estamos felizes de ter os três na nossa linha ofensiva.

"Junto deles, temos um produto das nossas categorias de base, De Sciglio. No verão passado, queriamos construir um time formado por jovens talentos, e fizemos isso felizes porque um time jovem é um time que pode crescer com muitas vantagens sobre os outros," declarou o ex-primeiro ministro da Itália.

Relacionados