thumbnail Olá,

Técnico acredita que o clube está na trilha certa para voltar ao topo da Europa

Foco na juventude e responsabilidade financeira. São estes dois fatores que formam a estrada certa para a recuperação do Milan, segundo o técnico Massimilliano Allegri.

Os gigantes italianos venderam Zlatan Ibrahimovic e Thiago Silva, as duas maiores estrelas da companhia, para o Paris Saint-Germain no meio do ano por enormes quantias, mas estão sofrendo na Serie A com a perda de ambos e guardam a modestíssima sétima colocação durante a pausa de inverno.

Allegri citou as regras do Fair Play Financeiro da UEFA como uma das razões para o clube não sair queimando dinheiro sem nenhuma consideração, e acredita que o Milan está fazendo um ótimo trabalho dadas as dificuldades econômicas que enfrenta.

"Estamos no caminho certo ao focarmos na juventude. Estamos construindo um novo Milan e isso é algo que demanda tempo e paixão. O presidente [Silvio Berlusconi] está certo em adotar essa filosofia, já que nenhum clube italiano pode arcar com 7 milhões de euros de salários em uma temporada passando por essa crise financeira e ainda conseguir ficar dentro das regras da UEFA," disse o técnico rossonero ao jornal Gazzetta dello Sport.

O Milan tem 27 pontos conquistados após 18 rodadas no Italiano - cinco pontos a menos do que a sexta-colocada Roma e longos 17 atrás da líder Juventus.

"Estou satisfeito com os pontos que temos até aqui, ainda que fosse possível termos alguns mais. Termino o ano ciente de que tive de que me adaptar a diferentes situações. A inteligência também pode ser vista na capacidade de lidar com cenários diferentes. Em momentos de dificuldade eu fico calmo e não tomado pela ansiedade. Talvez por isso tenha consigo me manter no meu emprego, consegui dar confiança ao clube. Disse a eles que sairíamos dessa situação e estamos no caminho certo, ainda que o jogo com a Roma tenha mostrado que ainda nos falta solidez. Tenho contrato até 2014 e obviamente estou feliz no Milan e ficaria aqui por muito mais tempo de bom grado. O desafio de voltar ao topo em dois ou três anos é excitante," disse.

Dois jogadores que parecem muito perto de abandonar o barco já na janela de transferências em janeiro são Alexandre Pato e Robinho, encerrando a era dos brasileiros no Milan. Mas o comandante da equipe não tem nada além de elogios para fazer à dupla.

"Ficarei mais decepcionado se Pato ou Robinho forem embora? Tenho sentimentos diferentes. Pato tem potencial para chegar a ganhar o Ballon d'Or, mas entendo que ele precise reencontrar sua confiança perdida no meio de tantas lesões. Robinho... O que dizer de Robinho? Ele é um jogador de um nível superior," elogiou Allegri.

Para substituir os atacantes perdidos, o Milan vem sendo ligado a uma possível oferta por Mario Balotelli, do Manchester City, usando os fundos obtidos pelas vendas de Pato e Robinho para tal. Allegri mostrou-se animado com a possibilidade, mas avisou que o jogador deve aprender a se comportar antes que seja tarde demais.

"Não gosto de falar sobre jogadores de outros times. De qualquer forma, é uma pena que ele ainda não tenha demonstrado todo seu talento e acho que precisa começar a se apressar, porque os 30 anos chegam rápido demais," finalizou.

Relacionados