thumbnail Olá,

O alvinegro bateu o Volta Redonda por 1x0 e os tricolores fizeram 2x0 no Bangu

Botafogo e Fluminense já estavam classificados para as semifinais da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, mas mesmo assim não relaraxam e bateram Volta Redonda e Bangu, respectivamente.

O time do técnico Oswaldo de Oliveira terminou na primeira colocação do grupo A, com 21 pontos, seguido do Volta Redonda, com 13. Já a equipe de Abel Braga lidera o grupo B, com 16 pontos, com um a mais do que o Resende.

Assim, o Botafogo enfrentará o Resende e o Fluminense jogará contra o Volta Redonda, nos dias 27 e 28, às 17h, respectivamente.

Bruno Mendes encerra seca 

O alvinegro, com 100% de aproveitamento neste turno, agora está a dois empates de ser Campeão Carioca. O gol da partida foi marcado por Bruno Mendes, que encerrou um período de três meses sem gols.

A última vez que o atacante havia ido às redes tinha sido no jogo contra o Audax, na 3ª rodada da Taça Guanabara, no dia 30 de janeiro.

Os dois times, já classificados para as semifinais, entraram sem grandes aspirações na partida, com o Botafogo entrando com o time reserva.

Ainda assim, o jogo foi movimentado, apesar da pouca qualidade técnica. No segundo tempo os times subiram de produção e o Bota abriu o placar aos 4 minutos: Jeferson cobrou falta e o goleiro Gatti espalmou; André Bahia pegou o rebote e o goleiro defendeu de novo, mas aí a bola sobrou para Bruno Mendes, que chutou esquisito, mas conseguiu anotar.

Sobre o gol, ele falou: "Peguei meio atrás [da bola], mas o importante foi que saiu. O jeito que foi não é importante. O importante foi a vitória".

Depois do gol, o Volta Redonda foi ao ataque e, com Frontini, até conseguiu acertar o travessão, mas não empatar o jogo.

Fluminense decide jogo com gols no começo e no fim

O Tricolor das Laranjeiras, também com os reservas, começou com tudo para cima do Bangu: logo aos 2 minutos, Samuel limpou a zaga e o goleiro Getúlio Vargas saiu do gol; o atacante tentou o passe para o meio da área, mas os jogadores conseguiram afastar.

Não adiantou muito: apenas 3 minutos depois, Wallace recebeu dentro da área e tocou para Rhayner, que dominou e bateu rasteiro, marcando seu segundo gol com a camisa tricolor.

Sóbis cobrou falta aos 10 minutos e quase ampliou, com a bola raspando ao lado da trave. O ritmo forte do Flu acabou caindo ao decorrer da primeira etapa: o Bangu deu alguns sustos, mas faltou qualidade para empatar o jogo.

No segundo tempo, o Flu voltou com mais vontade, mas logo dava espaço ao Bangu. Ricardo Berna teve que garantir em duas grandes defesas, enquanto Felipe, que foi titular e se destacou, deu assistência para Sóbis, que acertou a trave.

Depois de erro da defesa ao final do jogo, Sóbis saiu do quase e marcou o gol que definiu o placar.

Relacionados