thumbnail Olá,

Jogando com os reservas, Tricolor gaúcho foi surpreendido no segundo tempo de jogo e acabou sofrendo virada em menos de 10 minutos

Jogando no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o Grêmio foi visitar o Juventude e acabou surpreendido e cedendo a virada no segundo tempo de jogo. Poupando jogadores para o confronto diante do Huachipato, na próxima quinta-feira pela Libertadores da América, o técnico Luxemburgou levou a campo apenas Fernando, dos titulares.

O primeiro tempo de jogo foi bastante movimentado, com as duas equipes muito enpenhadas, porém com falta de qualidade na criação das jogadas. Pelo lado do Grêmio o lataral direito Tony e o atacante Yuri Mamute eram os destaques. Pelo Ju, o atacante Zulu era quem criava as melhores chances. Mesmo com todo o empenho, os gols do jogo só saíram na segunda etapa.

No retorno do vestiário, o Grêmio promoveu a entrada de Bertoglio no lugar de Willian José e a equipe melhorou. Logo com 30 segundos, Mamute invadiu a área e bateu no travessão, no rebote Marco Antônio perdeu grande chance ao cabecear em cima do goleiro Fernando.

Um minuto mais tarde, Tony fez grande jogada novamente e cruzou para Mamute, que dessa vez não disperdiçou, e de cabeça, mandou para o fundo das redes. Grêmio 1 a 0. A equipe de Porto Alegre ainda criaria outras boas chances no jogo, mas a falta de pontaria e os erros de passe acabaram sendo determinantes no resultado.

Com o gol sofrido, o Juventude saiu para o ataque e começou a pressionar o Grêmio. Douglas entrou pela direita e foi derrubado na área por Alex Telles: penâlti. Na cobrança de Zulu, o Ju chegou ao empate. Três minutos depois Zulu recebeu na área e bateu forte para virar o marcador. Juventude 2 a 1.

No final do jogo o lateral Alex Telles ainda foi expulso, mas não havia tempo para mais nada. Segunda vitória do Ju na competição, que se invicto com 11 pontos. Já o Grêmio soma sua quarta derrota e corre risco de ficar de fora da decisão do primeiro turno.

Relacionados