thumbnail Olá,

Técnico do Glorioso elogiou os meninos da base alvinegra e disse que neste ano vai dar mais espaço ainda para as jovens revelações do clube

Além da vitória do Botafogo por 4 a 2, de virada, sobre o Resende, outro grande motivo de felicidade para o técnico Oswaldo de Oliveira é o entendimento entre os jogadores mais experientes e os mais novos.

No triunfo desta quinta-feira, Seedorf, de 36 anos, comandou o time, mas também contou com os gols de Cidinho (20 anos) e Sassá (19) para trazer os três pontos para General Severiano.

“Ter jogadores experientes com os mais jovens é muito importante. Além do Seedorf, o Bolívar é um cara espetacular de vestiário, de treinamento, um cara que impõe a presença e tem nos ajudado muito. Ao lado deles estão Antônio Carlos, Marcelo Mattos, Jefferson... O que o time sentiu no primeiro tempo, com o Cidinho e o Vitinho afastados nas pontas, foi falta de experiência, de sentirem que estavam isolados. Nessa hora, o jogador precisa ter perspicácia e é importante que tenha alguém dentro de campo para falar isso para ele. Essa mistura vai crescer ainda mais neste ano”, disse o comandante.

“Estou muito esperançoso nos jovens, eles têm crescido muito nos treinamentos. O Sassá não começou o ano com muita confiança, mas tem evoluído nos treinos e me dado essa confiança para colocá-lo. No caso do Dória, sinto por não estar utilizando ele esse momento. Para mim, é o décimo segundo jogador. Eu tenho confiança nele. Ele não deixou de produzir, a reserva é só uma circunstância de momento”, finalizou.

Relacionados