thumbnail Olá,

Uruguaio marcou o primeiro e participou da jogada do segundo gol na vitória do Inter sobre os reservas do Grêmio

O primeiro Gre-Nal de 2013 tinha tudo para ser apenas mais um jogo, sem grandes emoções: estádio longe de lota, Beira-Rio fechado para obras, Grêmio com os reservas e Inter apenas no seu segundo jogo com os titulares. Mas sempre que uma das maiores rivalidades do país entra em campo, não tem tempo ruim. E quem saiu cantando foi a torcida colorada após a vitória por 2 a 1 no Colosso da Lagoa.

Com seus titulares em campo, o Inter começou a partida melhor. Mas como Gre-Nal é Gre-Nal, o Tricolor não se intimidou e foi para cima também, equilibrando a partida. O primeiro gol só saiu aos 40 minutos do primeiro tempo, quando Forlán, que não vinha bem, deixou Alex Telles no chão e bateu após jogada de D'Alessandro. Valeu a pena o esforço do Inter para contar com o jogador que, convocado para defender o Uruguai contra a Espanha em Doha, no Qatar, ganhou um dia a mais antes de se apresentar. Aos 4 do segundo tempo, Damião aproveitou renote de Busatto em chute de Fabrício e ampliou: 2 a 0.

Aos 10 minutos, Fernando, cobrando falta, descontou para o Grêmio. E ficou assim o placar. Com o resultado, o Inter chegou ao segundo lugar no Grupo B, com oito pontos, enquanto o Grêmio, com três, segue em quinto no Grupo A, fora da zona de classificação para a próxima fase. Na quarta-feira, o Tricolor recebe o São José no Olímpico, enquanto o Inter pega o Lajeadense fora de casa.

Relacionados