thumbnail Olá,

Mesmo com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, Cruzeiro segurou a pressão e venceu com gols de Anselmo Ramon e do estreante Dagoberto

Na inauguração do Novo Mineirão, deu Cruzeiro. Em clássico de torcida dividida e casa cheia (52.980 pagantes), a Raposa superou a inferioridade numérica e bateu o Atlético-MG por 2 a 1 no clássico que foi antecipado para abertura do Campeonato Mineiro de forma a ter uma inauguração de gala no estádio que foi totalmente reformado para a Copa do Mundo de 2014.

O jogo começou morno, mas logo a partida ganhou contornos de clássico. O Atlético-MG passou a levar perigo nas bolas levantadas na área, sempre apostando na categoria de Ronaldinho Gaúcho. A partir dos 15 minutos foi a vez do Cruzeiro mostrar evolução, e, pouco depois dos 20 minutos, abrir o placar. Anselmo Ramon foi o pai do primeiro gol do novo estádio, depois de se antecipar à zaga alvinegra e desviar para o gol um levantamento de Leandro Guerreiro.

O Atlético não perdeu o gás e foi atrás da reação. O empate saiu aos 27: Araújo pegou uma bola rebatida e fuzilou o gol de Fábio para deixar tudo igual no Mineirão.

No segundo tempo, o Galo voltou disposto a conseguir a virada. Com Gilberto Silva e Serginho nos lugares de Pierre e Leandro Donizete, o Atlético dominou os primeiros dez minutos, e chegou perto da virada com Bernard e Jô, duas vezes. Marcelo Oliveiro resolveu mexer na sua equipe: sacou Everton e Ricardo Goulart e lançou Alisson e Dagoberto. E foi o estreante atacante vindo do Internacional o responsável por garantir a vitória azul.

Aos 16 minutos, Anselmo Ramon foi ao fundo e cruzou. Dagoberto, de cabeça, deixou o Cruzeiro na frente de novo. Pouco tempo depois, Leandro Guerreiro quase complicou a vida da sua equipe ao entrar de carrinho em Ronaldinho e ser expulso. Cuca colocou o time para frente e deu jogo para Alecsandro na vaga de Araújo. Apesar da pressão, o Cruzeiro se defendeu bem, e ainda teve uma chance de fechar o caixão, aos 40, quando Nilton carregou sozinho e bateu, de cara com Victor, para defesa do goleiro. Fim de jogo e vitória azul no primeiro clássico do Novo Mineirão.

Tanto Cruzeiro quanto Atlético voltam a campo na quarta-feira para completar os jogos da primeira rodada, contra América-TO e Tombense, respectivamente.

Relacionados