thumbnail Olá,

Confirmação do título veio com vitória de 4 a 2 sobre o Guarani

Pela primeira vez desde 1969, o Santos é tricampeão paulista. O time de Muricy Ramalho confirmou a conquista em uma partida movimentada e cheia de gols diante do Guarani, na vitória de 4 a 2, com gols de Alan Kardec (dois) e Neymar (dois).

Com apenas um minuto de partida, o Santos já abriu o marcador. Neymar deu passe precioso para Elano dentro da área, o meio-campista bateu rasteiro e cruzado e Alan Kardec apareceu sozinho, sem goleiro, para apenas empurrar para as redes.

A festa santista, porém, durou pouco. Logo depois, o Guarani empatou. Danilo Sacramento chegou à linha de fundo pelo lado esquerdo e bateu rasteiro. Rafael tentou segurar, mas deixou a bola escapar e Fabinho aproveitou para mandar para as redes.

Ainda antes dos 10 minutos de partida, o Santos chegou ao segundo gol. Juan tentou passe por elevação para Neymar e a bola bateu na mão de Fábio Bahia. Pênalti que Neymar bateu com categoria e colocou no ângulo direito para fazer 2 a 1.

Só que o Guarani encontraria forças para buscar mais um empate. Fabinho cruzou rasteiro para a área e Durval falhou bisonhamente. A bola sobrou para Bruno Mendes mandar para as redes.

O segundo tempo foi disputado em ritmo bem menor, com o Santos com maior iniciativa, mas trocando passes cadenciados e sem ameaçar com frequência o gol adversário. O time santista ainda garantiria a vitória com mais um gol de Neymar. Ele iniciou a jogada e tocou para Juan do lado esquerdo. O lateral deu belo drible na marcação e rolou na medida para Neymar chegar batendo de pé direito, estufando as redes.

O gol que fechou o marcador veio nos minutos finais, quando Ganso deu passe precioso para Alan Kardec e o centroavante ainda livrou-se do goleiro para apenas rolar para o gol vazio.


Relacionados