thumbnail Olá,

Zaga são paulina falha nos três gols e Neymar alcançou o centésimo

O Santos venceu o São Paulo por 3 a 1, no Morumbi e está classificado para a grande final do Paulistão. Neymar foi o dono da festa, marcou os três da vitória santista. William José descontou para o Tricolor. O Peixe espera o vencedor de Guarani e Ponte Preta para decidir o estadual.

Logo no começo, Paulo Miranda cometeu pênalti em Alan Kardec. Neymar cobrou no alto e deslocou Denis, era o primeiro do jogo aos 3 minutos. Foi o centésimo da carreira do atacante.

O tento fez o São Paulo acordar, mas o Tricolor ficou vulnerável aos ataques santistas. As melhores jogadas dos donos da casa eram pelo lado esquerdo com Cortes. O lateral avançava até a linha de fundo e cruzava com perigo. A maior ameaça são paulina foi a cabeçada na trave de Paulo Miranda após cruzamento de escanteio. Pela meia-direita, Lucas teve uma aparição discreta na etapa inicial.

Já Ganso e Neymar estavam ligados nos contraataques e fizeram um grande primeiro tempo. Neymar tava impossível, fez jogadas de efeito. Uma delas irritou o lateral Piris, que cometeu uma falta dura e levou cartão amarelo, fato que desestabilizava o time tricolor.

Não demorou e o segundo gol saiu em uma bobeada da zaga mais uma vez. Aos 31 minutos, Rhodolfo errou a saída, Ganso rapidamente fez um belo toque para Neymar ganhar de Paulo Miranda na arrancada. O craque entrou na grande área e tocou na saída de Denis.

Se Neymar foi o cara do primeiro tempo, Lucas se destacou no segundo. As arrancadas do meia desarmaram a defesa santista e fez o São Paulo crescer em campo. Mas o gol saiu nos pés de Casemiro que, na entrada da área, tocou para William José, impedido, diminuir o placar, aos 18 minutos.

O gol fez a torcida inflamar a partida. O São Paulo era bem melhor, mas em uma jogada de ataque santista, Neymar recebeu, girou sem tocar na bola e arriscou da entrada da área. Denis espalmou errado e deu o gol para o Peixe, aos 32 minutos. O tento definiu a partida e a vaga do Santos à final do Paulistão.

Relacionados