thumbnail Olá,

O estádio estaria apresentando problemas na cobertura. A decisão será anunciada na tarde desta terça-feira

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, decidiu interditar o estádio João Havelange, popularmente conhecido como Engenhão, devido a relatórios aos quais teve acesso, apresentados por construtoras, que apontam problemas na cobertura da arena.

Segundo sua assessoria de imprensa, a decisão será anunciada nesta terça-feira, às 18h, durante uma reunião com os presidentes dos quatro grandes clubes de futebol da cidade.

A decisão pode afetar todo o calendário do futebol carioca, uma vez que Botafogo, Flamengo e Fluminense mandam seus jogos no estádio João Havelange, e uma entrevista coletiva está marcada para depois da reunião entre dirigentes e o prefeiro para dar mais esclarecimentos sobre a situação.

Rodrigo Caetano, diretor-executivo de futebol do Fluminense, prefere aguardar o anúncio oficial para comentar o caso.

"Vamos aguardar a manifestação oficial do prefeito. Nem a Federação (do Rio) sabe direito o que aconteceu, fomos pegos de surpresa. Tem de ver o que será feito, porque o estatuto do torcedor não permite uma mudança desse jeito. Existem ingressos que foram impressos, um planejamento que foi feito", disse em entrevista ao Globoesporte.com.

O Botafogo afirmou "desconhecer totalmente" a interdição, ainda que confirme a convocação para a reunião, que contará com a presença do presidente Maurício Assumpção e do diretor Sergio Landau. Flamengo e Vasco também irão comparecer ao encontro, através dos seus respectivos presidentes, Eduardo Bandeira de Mello e Roberto Dinamite.

 

 

Relacionados