thumbnail Olá,

Presidente da Fifa expressa sua tristeza por morte de Youssef Suleiman em carta à nação síria

Joseph Blatter, presidente da Fifa, mostrou-se triste com as mortes na Síria, em especial do jogador Youssef Suleiman, de apenas 19 anos. O atleta do Al-Wathbah faleceu na manhã da última quarta-feira, após bombas caírem sobre um estádio de Tishrin, em Damasco, onde acontecia um treino do clube. Alguns atletas ficaram feridos, além de Suleiman ter ido a óbito.

Segundo a agência EFE, o ataque foi feito pela oposição do governo do presidente Bashar al-Assad e tinha como alvo a sede do Comando Nacional do Partido Baath, que era ali próximo do campo.

"Fiquei muito chocado e triste ao saber do trágico incidente na quarta-feira que ceifou a vida de um jogador de futebol da Síria e deixou outras quatro pessoas feridas", Blatter escreveu à Associação de Futebol e ao presidente Salah Edeen Ramadã. "Tanto pessoalmente, e em nome da Fifa e da comunidade mundial de futebol, gostaria de estender nossas mais profundas condolências à família e amigos do jovem jogador de futebol, para você e para todos da Associação de Futebol da Síria".

Blatter também envolveu toda a comunidade internacional de futebol em favor dos sírios, além de desejar boa recuperação aos feridos.

"A comunidade do futebol está ao seu lado neste momento de tristeza. Espero que os outros quatro feridos estejam em condição estável e desejo-lhes muita força e coragem e uma rápida recuperação. Meus pensamentos estão também com eles e suas famílias".

A Síria está há mais de quarenta anos sob a presidência da família Al-Assad. Alguns sírios, motivados pela chamada “Primavera Árabe” e se opondo ao autoritarismo do Governo, iniciaram protesto que, a princípio, eram pacíficos.

Relacionados