thumbnail Olá,

Jogador foi preso por três horas por causa de agressão à ex-mulher

O atacante Marcelinho Paraíba deixou a prisão em Campina Grande-PB após pagar fiança de 20 salários mínimos (cerca de R$ 12,4 mil), segundo Polícia Civil por agressão à ex-mulher, que foi cobra-lo pagamento atrasado de pensão alimentícia.

"Ele me disse que ela chegou lá e se viu no direito de cobrar o valor da pensão. Ele apenas mandou ela ir embora do sítio. Não houve agressão, segundo ele me disse", falou ao Uol Esporte o advogado do meia, Afonso Vilar, que explicou que o atleta estava viajando e que o valor da pensão não é mais descontado automaticamente na sua conta.

Por causa do ato, Marcelinho foi detido nesta quinta.

O jogador responderá o processo em liberdade e aguardará uma provável audiência sobre o seu caso.

"A partir de agora a delegada tem 30 dias para terminar o inquérito e aí o processo vai para o Juizado da Violência Doméstica. Ele deve ser denunciado, vai fazer a defesa e aguardar a sentença do juiz. A pena do crime que está sendo imputado ao Marcelinho é uma máxima de três anos. Como ele é primário (nunca foi condenado), mesmo que haja condenação ele vai se beneficiar da suspensão condicional", declarou o advogado.

Fonte: Uol