thumbnail Olá,

Miguel Calero morreu depois de ter sofrido uma trombose a 25 de novembro, anunciou esta terça-feira o Pachuca, antigo clube do jogador

Miguel Calero, considerado um dos melhores goleiro do futebol mexicano, teve morte cerebral, depois de ter sofrido uma trombose a 25 de novembro, anunciou o Pachuca, antigo clube do jogador.

"Depois de realizados exames e análises, informamos que Miguel Angel Calero Rodriguez teve morte cerebral. A partir de agora, continuará em terapia intensiva, sob medidas de suporte vital", anunciou o comunicado divulgado pela antiga equipe do goleiro.

Calero tem 41 anos e coordenava o treino dos goleiros do clube mexicano, com o qual conquistou quatro ligas mexicanas, uma Taça da América do Sul e três Taças dos Campeões da CONCACAF.

Relacionados