thumbnail Olá,

"Temos que dar dignidade e respeito ao nosso esporte", disse o Baixinho em suas redes sociais

O ex jogador e atual deputado federal Romário voltou a criticar a CBF e defender a necessidade de uma CPI da instituição. Após a prisão de Marco Polo Del Nero, vice-presidente da confederação, indiciado pela venda de dados sigilosos durante a operação Durkheim, o Baixinho demonstrou sua revolta com a atual situação do futebol no Brasil.

"Não podemos deixar o futebol brasileiro na mão desses caras, o atual presidente da CBF é ladrão de medalha, o vice é esse que está com a polícia no seu calcanhar", disse Romário através de suas redes sociais.


Relacionados