thumbnail Olá,
Ao Vivo

Paulista A1

  • 19 de março de 2017
  • • 18:30
  • • Vila Belmiro, Santos, São Paulo
  • Árbitro: Flavio Rodrigues De Souza
  • • Público total: 8742
1
TF
2

Eduardo Baptista mexeu bem no time, que conseguiu a virada

Santos 1 x 2 Palmeiras: Verdão vira o jogo em 3 minutos, vence clássico e põe fim a tabu na Vila Belmiro

Eduardo Baptista mexeu bem no time, que conseguiu a virada

Alexandre Schneider/Getty Images

Peixe segue sem vencer clássicos na temporada de 2017

Um jogaço para ninguém colocar defeito. Quer dizer, talvez a torcida que saiu perdedora. Em partida válida pela nona rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras precisou de três minutos para virar e vencer o confronto diante do Santos por 2 a 1, na Vila Belmiro, na noite deste domingo. De quebra, o Verdão pôs fim a um tabu de seis anos sem vencer na Baixada Santista.

Com o resultado, o Santos segue fora da zona de classificação à próxima fase do Paulistão, ocupando o terceiro lugar do grupo D, com 13 pontos marcados. Já o Palmeiras assegurou a vaga nas quartas de final e disparou na ponta do grupo C, com 21 pontos. Na rodada seguinte, o Peixe visita o São Bento, enquanto o Verdão recebe o Mirassol.

O jogo

A etapa inicial foi repleta de chances criadas tanto por Santos, quanto pelo Palmeiras. O Peixe tomou a iniciativa e logo com um minuto chegou com chute perigoso de Lucas Lima. Pouco depois, o Verdão respondeu em lance de Borja, abafado por Vladimir. Na marca dos 18, Vitor Bueno teve o gol vazio para abrir o placar, mas furou.

Então, os goleiros começaram a se destacar. Fernando Prass segurou os arremates de Ricardo Oliveira e Bruno Henrique. O goleiro conseguiu ainda fazer o desvio em novas investidas da dupla santista, antes da bola parar na trave por duas vezes. Já Vladimir foi bombardeado antes do intervalo. Borja, duas vezes, Mina e Guerra tentaram chutando, de cabeça, cobrando falta, mas o goleiro santista mostrou a boa forma.

No segundo tempo, o Peixe seguiu sendo mais ofensivo e criando chances. Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Victor Ferraz tentaram, mas voltaram a parar em Prass. Até que, na marca dos 30, Ferraz cruzou, Bruno Henrique desviou e a bola sobrou para Oliveira abrir o marcador. O jogo parecia sob controle santista. Parecia. O Palmeiras não desistiu e deixou tudo igual aos 40, em chute cruzado de Jean. O Peixe sentiu o baque e, um minuto depois, o Verdão chegou a virada com Willian. Vitória e fim de tabu palmeirense.

Relacionados