thumbnail Olá,
Ao Vivo

Liga dos Campeões da UEFA

  • 20 de novembro de 2012
  • • 17:45
  • • Estadio de Mestalla, Valencia
  • Árbitro: H. Webb
  • • Público total: 35407
1
TF
1

Valencia 1 x 1 Bayern de Munique: Empate garante classificação dos bávaros às oitavas da Champions League

Valencia 1 x 1 Bayern de Munique: Empate garante classificação dos bávaros às oitavas da Champions League

Getty Images

Espanhois e alemães se classificam no grupo F e, agora, lutam pelo primeiro lugar da chave

Nesta terça-feira, Valencia e Bayern de Munique empataram por 1 a 1, no estádio Mestala, na Espanha. O resultado deu a vaga aos bávaros de forma antecipada no Grupo F para as oitavas da Uefa Champions League. Os espanhois já entraram em campo classificados após a vitória do Lille sobre o BATE por 2 a 0. Os gols da partida foram maecados por Feghouli (V) e Thomas Müller (B).

Os dois estão com dez pontos na chave, mas o time do brasileiro Jonas lidera com um gol a mais de saldo.

Bayern se sente em casa no começo da partida


Apesar do conforto da classificação do Valencia e com o resultado de empate favorecendo ao Bayern, espanhois e alemães fizeram um bom primeiro tempo.

Jogando fora de casa, os bávaros tomaram as ações e partiram pra cima da defesa adversária. Mais uma vez, Lahm foi bastante acionado na direita e criou as principais jogadas do time de Munique.

Em uma delas, aos 18 minutos, o lateral driblou na direita, avançou ao meio, fez "um, dois" com Schweinsteiger e quase abriu o placar, pois a bola foi pra escanteio. Em seguida, surgiu a grande chance na cabeçada de Dante, mas o zagueiro nao converteu graças à grande defesa do goleiro Guaita, que substituiu o brasileiro Diego Alves.

Valencia melhora após expulsão

O time visitante "agredia" mais que o anfitrião que se aproveitava nas jogadas de contragolpes com Soldado. Para piorar a situação, aos 33 minutos, Barragán cometeu falta duríssima em Alaba e é expulso.

Com um a mais, o Bayern tinha tudo para abrir o placar, porém não foi isso que aconteceu. Certas vezes, quem joga em desvantagem numérica acaba se comportando melhor em campo, foi o caso do Valencia que melhorou após a expulsão.

A dupla Feghouli e Soldado começou a dar trabalho à zaga bávara. Aos 44 minutos, em boa trama de sua equipe no ataque, Soldado recebeu bola na área e tocou de calcanhar para Feghouli de trás emendar o chute, mas mandou pra fora.

O placar da primeira etapa terminou sem gols no Mestala.

Espanhois se superam e abrem o placar

Na etapa final, o Valencia demonstrou raça em campo e não deixou o Bayern achar que tem um a mais no duelo. Soldado continuou oferecendo perigo ao gol de Neuer. Aos bávaros, sobrava a posse de bola, mas não concretizada em gol.

As duas equipes conseguiram criar jogadas, assim como no primeiro tempo, mas pecaram nas finalizações. De um lado, os visitantes que chegaram dentro da área, mas perdiam chances claras graças a atuação de Guaita na meta espanhola. Do outro, em contragolpes claros, Soldado e companhia paravam nas mãos do goleiro do time alemão.

Com um desempenho melhor, o Valencia partiu para ganhar o jogo, mesmo com a dificuldade numérica. A coragem dos donos da casa deu resultado. Aos 37 minutos do segundo tempo, Feghouli avançou para a entrada da área e chutou, a bola desviou no brasileiro Dante e entrou, 1 a 0.

Parecia que tudo estava resolvido, mas Thomás Müller aparece

Após o gol e vibração da torcida no Mestala, a tendência era o Bayern não ter chance de reação. Pelo contrário, a resposta veio rápida, cinco minutos depois com Thomás Müller. Lahm cruza pela direita, Mario Gomez desvia para o atacante alemão só empurrar ao fundo das redes e decretar o empate.

A esta altura do jogo, o empate era agradável aos dois, principalmente aos bávaros, pois garantia a classificação alemã antecipada. Pelo lado do Valencia, o brasileiro Jonas ainda entrou na parte final, mas pouco fez e a equipe demonstrou cansaço por ter um a menos. A partida terminou empatada para alegria de ambos, classificados à próxima fase da Champions League.


Relacionados