thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa América

  • 24 de julho de 2011
  • • 16:00
  • • Estádio Monumental Antonio Vespucio Liberti (El Monumental), Capital Federal, Ciudad de Buenos Aires
  • Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho
3
TF
0

Forlán conduz o Uruguai ao título da Copa América

Forlán conduz o Uruguai ao título da Copa América

Getty Images

Com dois gols e uma assitência, camisa 10 levou a Celeste ao 15º título do torneio - é o maior campeão da história

O Uruguai é campeão da Copa América. Com méritos. Na final deste domingo contra o Paraguai, venceu por 3 a 0 com autoridade. Foi melhor durante o tempo inteiro, diante de um adversário que resolveu sair para o jogo tarde demais. A Celeste Olímpica alcança seu 15º título sul-americano, é a maior vencedora do continente, superando a Argentina, com 14.

Coisa de cinema, o domínio da Celeste no primeiro tempo. Sufocou o Paraguai, que parecia não fazer muita questão de atacar - como não fez durante toda essa Copa América. E o time dirigido por Oscar Tabárez, sob a batuta de Suárez e Forlán, mostrou quem mandava no Monumental de Núñez.

No primeiro ato, depois de uma pressão incrível (durante a qual os uruguaios tiveram um pênalti não marcado, quando Ortigoza colocou a mão na bola dentro da área), Forlán achou Luis Suárez livre na ponta direita e lançou. Ele driblou o zagueiro e bateu cruzado para fazer 1 a 0.

Barrios, Barreto e Estigarribia, melhores jogadores paraguaios, ficaram no banco desde o início. E acompanharam a apatia da Albirroja diante de um Uruguai elétrico. Liderado por um Forlán que, finalmente, quebrou o jejum que durava desde a Copa do Mundo de 2010. Arévalo Ríos roubou a bola e deu para o camisa 10 marcar o dele.

No segundo tempo o Uruguai pisou no freio. Muslera, enfim, começou a ser exigido no gol celeste. Valdez cabeceou e o goleiro desviou de leve antes de a bola tocar a trave. Mas quem apareceu para valer foi Villar, monstruoso em bola de Eguren, cara a cara. Os dois goleiros que mostraram a melhor forma nesta Copa América. Já no fim, em contra-ataque rápido, Forlán ficou cara a cara com Villar e cravou a vitória.

O futebol uruguaio ressurge. Depois de uma boa campanha na última Copa do Mundo, alcança o título sul-americano, tendo batido inclusive a Argentina - anfitriã e uma das favoritas ao título. Merecidamente campeão, graças principalmente a Forlán e Suárez - melhores jogadores do torneio.

FICHA TÉCNICA

URUGUAI 3x0 PARAGUAI

ESTÁDIO: Monumental, Buenos Aires, Argentina
DATA E HORA: Domingo, 24 de julho de 2011, às 16h (de Brasília)
ÁRBITRO: Salvio Spínola (BRA)
CARTÕES AMARELOS: Diego Pérez, Cáceres, Maxi Pereira (URU) Cáceres, Vera (PAR)
GOLS: Suárez (1-0), aos 11'/1ºT; Forlán (2-0), aos 41'/1ºT; Forlán (3-0), aos 44'/2ºT

URUGUAI: Muslera; Maxi Pereira, Lugano, Coates, Martín Cáceres; González, Pérez (Eguren, 25'/ºT), Arévalo Ríos, Alvaro Pereira (Cavani, 18'/2ºT); Forlán e Suárez
TÉCNICO: Oscar Tabárez

PARAGUAI: Villar; Piris, Da Silva, Verón, Marecos; Vera (Pérez, 19'/2ºT), Ortigoza, Cáceres (Estigarribia, 19'/2ºT), Riveros; Valdez e Zeballos (Lucas Barrios, 31'/2ºT)
TÉCNICO: Gerardo Martino