thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa das Confederações

  • 17 de junho de 2013
  • • 16:00
  • • Mineirão, Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Árbitro: J. Aguilar
  • • Público total: 20187
1
TF
6

Nigéria 6x1 Taiti: Missão cumprida

Nigéria 6x1 Taiti: Missão cumprida

Getty

Taiti é goleado pela Nigéria, mas marca o seu desejado gol na Copa das Confederações e sai como “vitorioso”

Não tinha como deixar de se empatizar com o Taiti. Seleção formada basicamente por jogadores amadores, com um presidente de federação torcendo para perder de pouco e um treinador pedindo pelo menos um gol no torneio. Se nada disso havia comovido, a emoção dos jogadores ao ouvir seu hino em uma competição de nível mundial e a entrega em campo sem dúvida quebraram os coraçãoes mais duros.

Foi por isso que o solitário gol de Jonathan Tehau foi muito mais comemorado pela torcida do que os seis gols nigerianos na goleada de 6 a 1 que fechou a primeira rodada da Copa das Confederações. O resultado colocou os nigerianos temporariamente na primeira colocação do grupo B, mas o “baixo” placar pode ser determinante para sua eliminação.

Displicência e doação
O que se viu no jogo foi um domínio displicente da Nigéria e uma entrega desordenada do Taiti. No primeiro tempo, os africanos abriram o placar logo aos cinco minutos, com Elderson, após a bola bater em dois defensores e enganar o goleiro. Aos 10, foi vez de Oduamadi fazer o seu, em trocas de passes que envolveram os taitianos. O mesmo Oduamadi fez 3 a 0, aos 26. O domínio era total, mas a falta de determinação e seriedade do setor ofensivo impediram um placar melhor até o intervalo.

Gol histórico
Na segunda etapa, os taitianos se arriscaram mais e chegaram ao histórico gol. Em cruzamento de escanteio, Jonathan Tehau cabeceou no segundo pau e descontou para o time da Polinésia Francesa. Foi o primeiro gol do país em competições de nível mundial, que “tira a pressão” da equipe para os próximos jogos.

Falta de fôlego e técnica
Com o queda do nível físico dos jogadores, os espaços apareceram e, com isso, prevaleceu a melhor qualidade técnica dos nigerianos. O próprio Jonathan Tehau marcou seu segundo gol, mas desta vez contra. Oduamadi marcou o seu terceiro na partida. E não perca a conta: Elderson fez 6 a 1 para campeões da África.

A Nigéria agora encara o seu grande adversário na luta por um vaga para as semifinais, o Uruguai. O jogo será na quinta-feira, no estadio Fonte Nova, na Bahia. Já o Taiti vai ter outro momento histórico. Enfrenta os atuais campeões mundias, a Espanha, também na quinta, no Maracanã. Só resta saber se vão ter dedos para contar o placar final.

Relacionados