thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa FA

  • 6 de janeiro de 2013
  • • 11:30
  • • Liberty Stadium, Swansea
  • Árbitro: H. Webb
  • • Público total: 18848
2
TF
2

Swansea 2 x 2 Arsenal: Arsenal vira o jogo, mas cede empate no final

Swansea 2 x 2 Arsenal: Arsenal vira o jogo, mas cede empate no final

Getty Images

Com virada em 3 minutos, os Gunners pareciam donos da partida, mas cederam um gol nos minutos finais do jogo

jogando sob seus domínios, o Swansea não demonstrou temer o Arsenal e arrancou um empate nos minutos finais da partida. Na base dos contra-ataques, a equipe da casa saiu na frente do marcador mas cedeu a virada em 3 minutos. Quando tudo parecia perdido o Swansea surpreendeu novamente e alcançou o empate final em 2 a 2.

Marcação sob pressão dos Gunners

O Arsenal iniciou o jogo no ataque, buscando uma marcação agressiva, com Wilshere e Ramsey fazendo pressão na saída de bola do Swansea. Os Gunners chegavam com força até a entrada da área, mas não tinham vitória pessoal sobre os defensores da casa. Já o Swansea buscava os contra-ataques, mas muito esporádicos. Aos 13', em roubada de bola na intermediária, Graham saiu na cara de Sczszesny e bateu por cima, para grande defesa do goleiro visitante.

Controle da posse de bola faz o Gunners dominarem o jogo

O Arsenal tinha controle total do jogo, principalmente, baseado na posse de bola. Com muitos toques laterais, a equipe de Wenger dominava o adversário e buscava chegar na área através das tabelas. Aos 30' Ramsey fez grande jogada, tabelou com Gibbs e Walcott, mas na hora da finalização faltou força no arremate, perdendo a melhor chance dos Gunners na primeira etapa.

Swansea chega nos contra-ataques e na bola parada

Nas tentativas de contra-ataque Routledge era quem apresentava as melhores chances. Aos 35' ele fez jogada com o lateral Tiendalli e sofreu falta na ponta direita. Na cobrança o zagueiro Bartley subiu mais que Metersacker e cabeceou firme, no travessão. A jogada mais perigosa de toda a primeira etapa era do Swansea.

Contra-ataque mortal do Swansea

O Arsenal voltou para o segundo tempo da mesma forma, buscando trabalhar a bola na troca de passes, e até criando boas chances. Giroud construiu boas chances. Aos 10" da segunta etapa, Giroud recebeu cruzamento e bateu de voleio, obrigando Vorm a grande defesa. Apesar do controle aparente, o golpe de misericórdia veio 4 minutos mais tarde. Em contra-ataque rápido Michu, que recém havia entrado no jogo, pegou no mano-a-mano com o defensor, chapelou Metersacker e na frente de Sczcesny apenas deslocou o goleiro. Swansea 1 a 0.

Virada relâmpago

Atrás no placar o Arsenal trouxe Lukas Podolski para o campo, e o alemão não decepcionou. Na sua primeira participação, o atacante recebeu na área, virou e bateu de canhota para empatar o marcador aos 36".

Com o gol, o Arsenal se abriu e foi em busca da virada. Dois minutos mais tarde Gibbs foi premiado pela boa atuação. Em lançamento por trás da defesa, o lateral chegou batendo de primeira, com a bola no ar, mandando no ângulo, sem chances para Vorm. Um golaço para virar o jogo. O Arsenal agora tinha o domínio do jogo.

Empate no apagar das luzes

Quando tudo parecia decido, o Swansea mostrou sua força novamente. Depois de assustar em dois contra-ataques seguidos, a equipe da casa chegou ao empate. Aos 43" Graham, depois de cobrança de escanteio, dominou livre e bateu no alto, sem chances para Sczcesny.

No final do jogo Walcott ainda teve mais uma chances para os Gunners, mas o jogo terminava empatado.

Relacionados