thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Europeu

  • 19 de junho de 2012
  • • 15:45
  • • NSK Olimpijs'kyj, Kyiv (Kiev)
  • Árbitro: Pedro Proença
  • • Público total: 63010
2
TF
0

Suécia 2 x 0 França: Ibra faz golaço, mas França consegue vaga

Suécia 2 x 0 França: Ibra faz golaço, mas França consegue vaga

Gettyimages

Mesmo com derrota, franceses passam de fase na segunda colocação

A fera acordou. Depois de ver a Suécia ser eliminada com duas derrotas nos dois primeiros jogos, Ibrahimovic mostrou seu talento ao marcar um golaço, na vitória sobre a França por 2 a 0. Os franceses, mesmo com o revés, garantiram sua passagem à próxima fase, onde enfrentarão a Espanha.

Início equilibrado

Os primeiros minutos de Suécia x França foram de ótimo futebol dos dois lados. A França claramente tomava maior iniciativa no jogo, mas as jogadas em velocidade da equipe escandinava eram eficientes para também ameaçar o gol de Lloris.

Quando tinha a bola, o time francês fazia a bola rodar pelo meio-campo e procurava naturalmente o lado esquerdo do gramado, onde jogadas combinadas entre Nasri e Ribéry eram eficientes para criar perigo ao gol sueco.

Os franceses, porém, também eram ameaçados quando não tinham a bola. A Suécia saía em velocidade, seja com lançamentos longos ou com jogadas combinadas e rápidas pelos flancos, para surpreender nos contra-ataques. Com os dois times apresentando boas opções ofensivas, a partida ficou aberta em seus minutos iniciais.

O jogo cai de ritmo

Aos poucos, porém, a partida foi caindo de ritmo, especialmente a partir do momento em que a Suécia passou a trabalhar mais a bola ao invés de partir para a definição das jogadas. Assim, os suecos postaram-se melhor na defesa e bloquearam os espaços franceses.

A iniciativa do jogo seguia sendo da França, que conseguia cercar a área sueca, mas enfrentava uma marcação bem mais acertada que no início de jogo. A Suécia era mais segura porque, quando tinha a bola, não se desestruturava em jogadas verticais, apenas trocando passes para sair vagarosamente de trás.

Com a França amarrada no forte sistema defensivo sueco e a Suécia mais lenta que no início do jogo, as oportunidades claras de gol desapareceram no final da primeira etapa, tornando a partida mais monótona.

Uma pintura de Ibra

O melhor momento da partida ficou reservado para o início da segunda etapa. Desde a volta do intervalo, a Suécia mostrou-se mais incisiva no ataque, com a entrada de Wilhelmsson pela esquerda ativando o sistema ofensivo e dando-lhe maior profundidade.

Foi pela direita, porém, que iniciou o lance que deu o gol aos suecos. Larsson levantou para a área e Ibrahimovic deu seu toque de gênio ao jogo. Ele enquadrou o corpo e soltou um voleio poderoso, no canto direito de Lloris, para abrir o marcador. Suécia 1 a 0.

Falta profundidade à França

Logo após o gol, a Suécia ainda teve algumas boas chances, aproveitando-se de um momento de desequilíbrio francês. Aos poucos, porém, os franceses voltaram a controlar a posse de bola e partiram em busca do empate.

O problema foi a falta de profundidade do ataque do time de Laurent Blanc. A França dominava a bola e trocava passes na entrada da área, mas não conseguia dar o passe final para criar chances claras de gol. As oportunidades vieram, quase todas, em chutes de fora da área. Muito pouco para empatar o marcador.

Larsson faz 2 a 0

Em um contra-ataque, já nos acréscimos, a Suécia ampliou o marcador e deu números finais ao placar. Wilhelmsson recebeu cruzamento e mandou de voleio no travessão. No rebote, Larsson aproveitou para mandar para as redes, fazendo 2 a 0.
   
   

Relacionados