thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 19 de agosto de 2012
  • • 16:00
  • • Vila Belmiro, Santos, São Paulo
  • Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra
  • • Público total: 12413
3
TF
2

Santos 3 x 2 Corinthians: No 100º jogo de Muricy, vitória do Peixe com gosto de revanche

Santos 3 x 2 Corinthians: No 100º jogo de Muricy, vitória do Peixe com gosto de revanche

Santos/Divulgação

Neymar teve grande atuação e participou diretamente de dois gols da equipe

No 100º jogo de Muricy à frente do Santos, melhor para o Peixe, que venceu o Corinthians por 3 a 2, de virada, na Vila Belmiro, em jogo iniciado às 16:00 e válido pelo Campeonato Brasileiro.

Corinthians domina, mas Neymar garante primeira etapa empatada

Na Vila Belmiro, no reencontro dos dois semifinalistas da Libertadores, o Santos começou melhor, mas logo passou a ser pressionado pelo Corinthians, atual campeão do Brasileiro e da competição continental que o Peixe venceu em 2011.

André, bem no início, teve ótima chance, mas desviou um chute com pouca força e deixou Cássio em condições de ficar com a bola, mesmo com ela se encaminhando para o canto da meta defendida pelo arqueiro corintiano. Depois disso, só deu Timão.

Romarinho levava a melhor em todas as jogadas de velocidade com a zaga santista, e por duas vezes quase marcou. Rafael fez duas lindas defesas. Ralf foi outro a testar o goleiro do Peixe em uma bomba de fora da área.

Depois da insistência, veio a recompensa. Em bola lançada na área, Danilo subiu no segundo andar e desviou de cabeça, mandando no canto direito de Rafael. Dessa vez, sem chances para o santista.

Infelizmente para o Timão, do outro lado havia Neymar. Pouco após uma grande acrobacia em uma falta sofrida, o craque resolveu ficar de pé, fez linda jogada individual, deixou para trás inúmeros marcadores e achou André livre no segundo pau, pronto para deixar tudo igual. Antes, a Joia Santista já havia encontrado Arouca, mas o volante desperdiçou.

No início, Peixe chega à virada, e no fim cede o empate

Pior na partida, o Peixe conseguiu ir para o vestiário com o placar igualado e, ainda quente por conta do princípio de confusão ao final do primeiro tempo, o time da casa tratou de virar no começo da etapa final, com um gol muito polêmico, convertido, novamente, por André. Bruno Rodrigo e Durval escoraram a bola de cabeça e o atacante apareceu em posição duvidosa para ir à rede adversária.

À essa altura, o confronto estava bem mais equilibrado, apesar de ter uma equipe com a vitória parcial. As chances eram dos dois lados.  Guerrero arriscou de longe e tirou tinta da trave de Rafael, e Neymar teve outro momento de brilhantismo e mandou a bola na cabeça de André, na cara do gol, para defesa de Cássio.

Cada vez mais emocionante, o clássico na Vila virou um verdadeiro teste para cardíacos ao ficar mais próximo de seu desfecho. Martínez, que entrara no fim, fez boa jogada individual e empatou o confronto ao acertar um forte chute no canto da meta do Peixe.

A resposta foi imediata. Nem deu tempo do Corinthians comemorar a sua recuperação em território do rival e Neymar se encaminhou para a cobrança de escanteio. Resultado: bola na cabeça de Bruno Rodrigo, que subiu mais alto que todos, e acertou o canto do gol de Cássio.

Na 100ª partida de Muricy no comando do Santos, vitória do Peixe em tarde inspirada de Neymar, que mesmo sem marcar teve ótima atuação e ajudou o time a se vingar da eliminação na Libertadores.
   
   

Relacionados