thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa Libertadores da América

  • 20 de fevereiro de 2013
  • • 22:00
  • • Estádio Jesús Bermudez, Oruro
1
TF
1

San José 1-1 Corinthians: Em sua estreia na Libertadores, o alvinegro garante um ponto

San José 1-1 Corinthians: Em sua estreia na Libertadores, o alvinegro garante um ponto

Getty Images

Prejudicado pela diferença na altitude, o Corinthians teve um segundo tempo quase nulo

Por Danielly Friedrich

Após a impecável temporada de 2012, o Corinthians finalmente entrou em campo para sua estreia na Libertadores 2013, contra o San José, fora de casa, em Oruro, na Bolívia. Com a grande diferença de altitude como vilã (mais de 3700 metros acima do nível do mar), o time paulista conquistou o empate por 1 a 1 e garantiu o primeiro ponto na competição.

A partida começou com o Corinthians investindo no ataque. Ainda nos primeiros segundos de jogo, Jorge Henrique fez o primeiro chute a gol, mas a bola foi espalmada por Lampe. Pressionando bastante, com apenas cinco minutos corridos os corintianos conseguiram abrir o placar, com Guerrero. O peruano, que disputa sua primeira Libertadores, recebeu a bola de Fábio Santos e mandou direto para o fundo da rede.

Correndo atrás do prejuízo

Sentindo a desvantagem, o San José começou a apostar em um jogo ainda mais ofensivo. Os bolivianos passaram a marcar presença na área corintiana e levaram bastante perigo para Cássio, que foi muito exigido na partida. Com uma atuação segura, o goleiro fez grandes defesas e conseguiu manter sua rede intacta no início da partida.

Com a saída de bola bloqueada pelo time adversário, o Corinthians pouco conseguia aproveitar seu poder ofensivo. Por sorte aurinegra, apesar dos bolivianos possuírem uma maior posse de bola, a dificuldade de finalizar era grande e todas as investidas do San José foram facilmente dissipadas pela defesa do clube paulista.

Problemas com a altitude

No segundo tempo, ambas as equipes voltaram sem alterações. Porém, a presença dos corintianos em campo se tornou completamente diferente. Se antes conseguiam levar perigo mesmo com o bloqueio imposto pela defesa adversária, na segunda metade do jogo deixaram o esgotamento físico evidente, permitindo uma reação do San José.

Pouco depois do recomeço da partida, Jorge Henrique reclamou de dores e, mancando, deixou o campo para dar lugar a Renato Augusto. Com o lado esquerdo fragilizado, bastaram poucos minutos para o ataque boliviano encontrar o caminho para o ataque. García avançou sozinho e cruzou a bola para Saucedo, que deu um chute certeiro, sem chance de defesa para Cássio.

Empolgado com o gol, o San José investiu ainda mais em seu setor ofensivo e teve um domínio de bola maior que no primeiro tempo. O Corinthians se organizou como pôde e, contando com a dificuldade de finalização boliviana, conseguiu segurar o resultado. Emerson chegou bem perto de garantir a vitória alvinegra, mas por poucos centímetros, o ponto solitário foi a única conquista.

Com o resultado de 1 a 1 definido, o final da partida reservou uma triste notícia: um torcedor boliviano de 14 anos teve seu olho direito atingido por fogos de artifício e faleceu, ainda no primeiro tempo. A polícia presente no local prendeu alguns torcedores corintianos, que teríam lançado os rojões, e um novo debate sobre segurança em estádios foi aberto.

O Corinthians volta a jogar pela Libertadores na próxima quarta, no Pacaembu. O alvinegro enfrenta o Millonarios, da Colômbia, e espera garantir a vitória que não conseguiu na Bolívia.

Relacionados