thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 14 de outubro de 2012
  • • 16:00
  • • Morumbi, São Paulo, São Paulo
  • Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
  • • Público total: 27641
2
TF
0

São Paulo 2 x 0 Figueirense: Tricolor vai ao G4 e deixa Figueira mais distante de um 'milagre'

São Paulo 2 x 0 Figueirense: Tricolor vai ao G4 e deixa Figueira mais distante de um 'milagre'

Wagner Carmo/VIPCOMM

Luis Fabiano e Douglas fizeram os gols da partida. Com o tropeço do Vasco, São Paulo toma o lugar do clube carioca no G4. Figueirense se mantém em 19º e agoniza na zona da degola

Ganhou o favorito. No duelo entre um time que tenta um lugar no G4 e outro que tenta escapar da zona de rebaixamento, não houve surpresas. O primeiro conseguiu temporariamente alcançar seu objetivo, já que o Vasco foi derrotado pelo Santos, na Vila Belmiro. Enquanto o Figueira, agoniza na 19ª colocação, e tem oito jogos para fugir de um provável descenso. O destaque individual vai para Luis Fabiano, que com 15 gols, assume temporariamente a artilharia do campeonato.

E uma curiosidade: o Figueirense nunca conseguiu derrotar ou empatar com o São Paulo no Morumbi em jogos pelo Campeonato Brasileiro. Com o revés desta tarde, somam-se oito jogos e oito derrotas do time catarinense para o Tricolor Paulista.

O próximo desafio do São Paulo é contra outro ameçado pelo rebaixamento: o Atlético-GO. O Tricolor recebe o lanterna da competição no Morumbi, na próxima quinta, às 21h (horário de Brasília). O Figueirense tem um difícil jogo contra o Internacional, no Beira Rio, na próxima quarta, às 22h (horário de Brasília).

Blitz Tricolor

Os pouco mais de 27 mil torcedores que compareceram ao Morumbi para assistir o jogo, acompanharam um primeiro tempo de almanaque para o São Paulo. Trocando a bola com facilidade, o Tricolor Paulista chegou várias vezes à área do Figueira, obrigando o goleiro Wilson a fazer grandes defesas. Mas foi de escanteio que veio o primeiro gol da partida. Jadson cobrou o córner. Luis Fabiano se antecipou aos zagueiros e cabeceou com estilo pro gol. O Fabuloso assumiu temporariamente a artilharia do Brasileirão, com 15 gols.

E da blitz são-paulina veio o segundo gol. Após tentativas de Osvaldo e Luís Fabiano, a bola sobrou para Maicon - que substituiu Denilson, vetado para a partida -, que só rolou para Douglas chutar no canto direito do goleiro Wilson.

O São Paulo ainda teve outras oportunidades de ampliar o placar, mas esbarrou no preciosismo e na falta de pontaria. Já o Figueirense pouco atacou, e não teve sequer um lance de perigo na primeira etapa. Para um time que precisa de um 'milagre' para se salvar do rebaixamento, o que o time catarinense mostrou nesta partida foi pouco. Muito pouco.

Diminui o ritmo

No segundo tempo, o São Paulo procurou administrar a partida. O Figueirense tentou acordar, mas foi pouco efetivo. Abatidos e contando com a má sorte - o técnico Marcio Goiano precisou fazer duas substituições de zagueiros por contusões - o Figueira não teve forças para reagir. Em um lance que dá a tônica do time catarinense no campeonato, Hélder dá um passe para Júlio Cesar, que, sem forças, não consegue dominar a bola.

O São Paulo tentou alguns contra-ataques no fim da partida, mas não foi tão incisivo para liquidar a fatura. O objetivo já estava concluído. Com a derrota do Vasco para o Santos, na Vila Belmiro, o Tricolor Paulista toma o 4º lugar do time carioca, e briga por uma vaga na Libertadores. É a primeira vez no Brasileirão 2012 que o São Paulo entra no grupo dos quatro melhores da competição.

 

Relacionados