thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 29 de setembro de 2012
  • • 18:30
  • • Canindé, São Paulo, São Paulo
  • Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha
  • • Público total: 5971
1
TF
1

Portuguesa 1 x 1 Atlético-MG: Lusa e Galo fazem bom jogo, mas empate prejudica as duas equipes no Brasileirão

Portuguesa 1 x 1 Atlético-MG: Lusa e Galo fazem bom jogo, mas empate prejudica as duas equipes no Brasileirão

Bruno Cantini

Gols foram marcados no segundo tempo

Neste sábado, Portuguesa e Atlético-MG empataram por 1 a 1, no estádio do Canindé. Os gols foram marcados por Léo Silva (P) e Bernard (A). O resultado foi ruim às duas equipes que não progrediram na tabela de classificação. A Lusa permanece ainda brigando contra o rebaixamento em 13º com 33 pontos, seis a mais que o Sport, primeiro do Z-4. Enquanto os mineiros continuam em segundo lugar com 53 e correm o risco de verem a diferença de três pontos em relação ao Fluminense aumentar neste domingo.


LANCE POLÊMICO NO FIM DO PRIMEIRO TEMPO


A Lusa foi um pouco melhor que o Galo na primeira etapa, pois aproveitou o fato de jogar em casa para tomar a iniciativa do jogo. Enquanto os visitantes melhoraram na parte final do período.

Victor teve mais trabalho que Dida. Dentre os lances perigosos, o goleiro visitante teve que fazer bela defesa após jogada pessoal de Boquita que terminou em chute cruzado no ângulo. Enquanto Dida só teve o trabalho de antecipar os cruzamentos de Ronaldinho Gaúcho e contar com finalizações erradas.

A partida estava indo ao intervalo, mas ai veio a polêmica. Aos 45 do primeiro tempo, Bruno Mineiro recebeu bola de Ananias, dominou, girou e bateu cruzado, marcando o gol, porém a arbitragem invalidou o lance alegando toque de mão do atacante, o que provocou protesto dos jogadores do time paulista.

GOLS E EMOÇÃO SÓ NO SEGUNDO TEMPO

O duelo ganhou outra cara na etapa complementar. A Portuguesa assustava com Bruno Mineiro e ele foi um dos causadores do primeiro gol. Aos seis minutos, em cobrança de escanteio, Victor e o atacante dividiram a bola e na sobra, Léo Silva aproveitou e emendou ao fundo das redes. Festa da torcida no Canindé, 1 a 0.

O tento fez o Atlético acordar. Leonardo Silva e Bernard arriscaram finalizações ao gol de Dida, que se transformou na grande figura em campo. Mas não por muito tempo, pois aos 21, Ronaldinho cobrou falta de longe, a bola desviou na área e Bernard aproveitou e, livre, bateu forte no alto pro fundo do gol, sem chances ao arqueiro pentacampeão.

Era o melhor momento atleticano na partida, porém o time de Cuca ficou com um jogador a menos após expulsão de Leonardo Silva. O zagueiro recebeu o vermelho por ter parado Boquita em contra-ataque dos  paulistas.

VICTOR SALVA O GALO

O resultado não era nada bom às duas equipes e por isso ambas resolveram atacar. A Portuguesa tinha a seu favor o fato de jogar com um a mais, ao contrário do Atlético-MG.

Pelo lado mineiro, Ronaldinho assustou com uma cobrança de falta na trave. Já o time de Geninho colocou mais "pilha" nos acréscimos, o que deu emoção antes do apito final.

Entretanto, todas as tentativas pararam nas mãos de Victor. O goleiro salvou o Atlético em duas oportunidades, primeiro ao defender a bicicleta de Bruno Mineiro e depois, aos 47, segurou uma bola difícil em chute de Moisés. Assim, o arqueiro decretou o empate no Canindé em 1 a 1.

Relacionados