thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 25 de novembro de 2012
  • • 17:00
  • • Moisés Lucarelli, Campinas, São Paulo
  • Árbitro: Luiz Flavio De Oliveira
  • • Público total: 9471
0
TF
0

Ponte Preta 0 x 0 São Paulo: Pensando na Sul-Americana, Tricolor empata em Campinas em jogo fraco

Ponte Preta 0 x 0 São Paulo: Pensando na Sul-Americana, Tricolor empata em Campinas em jogo fraco

Luiz Pires/VIPCOMM

Paulo Henrique Ganso começou entre os titulares, mas fez uma partida discreta

Neste domingo, Ponte Preta e São Paulo empataram por 0 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O jogo foi tecnicamente fraco e a novidade ficou por conta da presença de Ganso começando a partida entre os titulares.

Com a igualdade, a Ponte se livrou de qualquer chance matemática de rebaixamento e continua em 12º lugar com 47 pontos, enquanto o Tricolor Paulista, já garantido na Pré-Libertadores, continuou em quarto com 63.


Primeiro tempo fraco


Com uma Ponte quase livre da Série B e um São Paulo focado na Sul-Americana com time misto, os primeiros 45 minutos das duas equipes foram fracos. Muita briga pela posse de bola, algumas finalizações previsíveis, mas poucas chances reais de gol.

A Ponte tentou impor seu ritmo no começo, pois atuava na frente da sua torcida, mas não conseguiu finalizar com eficiência ao gol de Dênis, que substitui o poupado Rogério Ceni.

O Tricolor tentou armar algumas jogadas. A melhor chance da etapa foi construida pelo time da capital paulista. Aos 16 minutos, após boa jogada com Willian José, Casemiro entrou na área e chutou para a grande defesa de Édson Bastos. O volante ainda aproveitou o rebote, porém mandou muito mal.

As duas equipes foram para o intervalo com um justo empate sem gols.

Discreto, Ganso atua por 57 minutos

O meia começou entre os titulares, participou em alguns momentos da partida, mas não foi decisivo. Ainda tem que se entrosar mais com a sua equipe e ganhar ritmo de jogo. A sua melhor jogada foi aos 27 em que aproveitou rebote de ataque e tentou uma cavadinha, mas sem sucesso, para a defesa de Édson Bastos.

Ganso ficou no jogo até aos 12 do segundo tempo em que deu lugar para Cañete, o que mostra qu Ney Franco quer preserva-lo para a partida decisiva desta quarta contra a Universidad Católica pela semifinal da Sul-Americana.

Melhorou um pouco, mas não o suficiente

O segundo tempo foi um pouco melhor que a etapa inicial. Ponte e São Paulo arriscaram mais para o gol, deram trabalho às defesas, entretanto o resultado permaneceu inalterado.

A Macaca perdeu diversas chances. Pra começar, aos 10 da segunda etapa, Roger recebeu na entrada da área e mandou rasteiro. A bola ainda desviou na zaga e bateu na trave. Cinco minutos depois, Nikão também teve seu momento. O jogador campineiro mandou um chute forte rasteiro muito perto do gol de Dênis.

No fim, outra chance do centroavante Roger. Ele recebeu belo passe, tirou de Dênis, mas a bola passou raspando na trave e foi pra fora.

O resultado de 0 a 0 era o destino das duas equipes que não fizeram um bom jogo em Campinas.

Relacionados