thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 6 de junho de 2012
  • • 21:50
  • • Moisés Lucarelli, Campinas, São Paulo
  • Árbitro: Wagner Reway
  • • Público total: 5365
2
TF
2

No final, Flamengo arranca empate com a Ponte

No final, Flamengo arranca empate com a Ponte

André Portugal/VIPCOMM

Vagner Love, nos acréscimos, evitou a derrota dos rubro-negros

No final, Flamengo faz o 2º gol e consegue empatar com a Ponte Preta por 2 a 2, fora de casa, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro, em jogo iniciado às 21:50. Ambos os times seguem em busca da primeira vitória na competição.

O jogo:

Macaca sai na frente e Flamengo busca o empate

Sem Ronaldinho Gaúcho, que desligou-se do clube para acertar sua transferência para o Atlético-MG, o Flamengo começou o jogo tendo maior controle da posse de bola, mas acabou sofrendo o gol. Roger recebeu lançamento, aproveitou falha do marcador e chutou na saída de Paulo Victor. A bola não foi na direção da meta defendida pelo arqueiro flamenguista, porém sobrou para Renê Júnior que, com dificuldades, abriu o placar. Pouco depois, a Ponte quase fez o segundo com André Luís. O jogador recebeu passe de Renê Júnior e chutou para defesa do goleiro do Rubro-Negro.

Aos 28 minutos, porém, o Flamengo deixou tudo igual. Em cobrança de falta de Renato Abreu, a bola desviou no meio do caminho (em Cicinho) e morreu na rede de Edson Bastos.

Antes do apito do árbitro, veio a virada, mas foi o bandeira assinalou impedimento e invalidou o gol de Leonardo Moura. Edson Bastos havia espalmado finalização de Kleberson e o lateral-direito, adiantado, completou para dentro da meta dos paulistas.

Ponte faz gol no início, Fla no final e jogo termina empatado

No início da segunda etapa, a Ponte Preta ficou, novamente, à frente dos flamenguistas. João Paulo, de fora da área e de primeira, acertou um belo chute. Assim como no gol de empate dos adversários, a bola desviou no meio do caminho (em Marlon) e acabou entrando.

Em seguida, o Flamengo tentou a resposta em duas ocasiões distintas. As duas vezes nos pés de Renato Abreu, que mostrava estar com a canhota calibrada. Primeiramente, o meia acertou uma bomba para que Edson Bastos defendesse. Depois, arriscou outro chute de falta, tirando tinta do travessão.

A Macaca não se intimidou com o momento do rival e tratou de se impor dentro da sua casa. Nikão e João Paulo obrigaram Paulo Victor a fazer duas belas defesas. Já Roger, acertou um chute ao lado da baliza do arqueiro, também levando perigo.

No final, aos 48 minutos, o Flamengo achou com Vagner Love o improvável gol de empate, tirando da Ponte o gosto da primeira vitória na competição. Os donos da casa sairam revoltados com a arbitragem.


Relacionados