thumbnail Olá,
Ao Vivo

Brasileirão Série A

  • 16 de novembro de 2011
  • • 21:50
  • • Pacaembu, São Paulo, São Paulo
  • Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
  • • Público total: 8153
1
TF
1

Vasco empata com o Palmeiras no Pacaembu

Vasco empata com o Palmeiras no Pacaembu

Dedé - Vasco x Palmeiras ( Foto: vasco.com.br)

Dedé marcou, mas o jogador não conseguiu levar o Vasco à vitória mais uma vez

O Vasco empatou com o Palmeiras por 1 a 1 fora de casa, nesta quarta-feira. Jogando no Pacaembu, o time comandado por Cristóvão saiu na frente ainda nos primeiros minutos de jogo, mas sofreu a virada na etapa final. Com o empate, o Trem Bala da Colina para no Pacaembu.

O Palmeiras, mandante, veio a campo no 4-4-2. Com uma formação de bastante marcação, Felipão colocou em campo Patrik, Assunção, João Vitor e Márcio Araújo no meio-campo. Deste modo, o time palmeirense teve apenas Luan e Ricardo Bueno no ataque, jogando sem muita criatividade.

 O Vasco também utilizou o 4-4-2. Com Allan, Fellipe Bastos e Nilton como volantes, o time carioca teve Felipe na criação, ligando o jogo com a dupla de atacantes. Eder Luis e Diego Souza formaram a força ofensiva da equipe cruz-maltina, explorando a velocidade.

O Vasco começou o jogo amplamente superior. Logo aos quatro minutos, o time visitante abriu o placar. Após um escanteio da direita, Dedé adiantou-se a Deola, cabeceando a bola para o fundo do gol. No princípio do confronto, os comandados de Cristóvão já tinham a vantagem no marcador.

Após o gol, o Vasco diminuiu sua produção ofensiva, recuando em campo para sair no contra-ataque. Apesar do maior volume de jogo, o Palmeiras só chegou com as bolas paradas de M. Assunção e com as descidas de Cicinho. Porém a equipe não conseguiu realmente ameaçar Prass, que realmente trabalhou em duas oportunidades.

Na casa dos 30 minutos, o Vasco voltou a ameaçar com os contra-ataques puxados por Eder Luis e Felipe, mas não ampliou o placar. O primeiro tempo terminou disputado, mas sem muito futebol.

O Vasco começou bem o segundo tempo, marcando em cima, mas logo as alterações de Felipão alteraram o panorama do confronto. Colocando Pedro Carmona e Dinei, o treinador aumentou a força ofensiva do time da casa.

Com 18 minutos, após um escanteio cobrado por M. Assunção, Dinei tentou a finalização, mas Luan foi quem chutou para dentro do gol. Prass não conseguiu a defesa, dando a oportunidade para o atacante palmeirense.

Após o gol de empate, o jogo ganhou em movimentação. Os dois técnicos mudaram as equipes, buscando o resultado positivo, porém os ataques não foram felizes. Prass salvou algumas bolas paradas de Assunção; Deola levou alguns sustos até o final do confronto; mas o placar permaneceu empatado até o final do embate. 

Com o resultado, o Vasco vê o Corinthians se distanciar. O Palmeiras mantém a sua posição intermediária, ajudando o rival alvinegro.

Relacionados