thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 2 de dezembro de 2012
  • • 17:00
  • • Aflitos, Recife, Pernambuco
  • Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
  • • Público total: 20100
1
TF
0

Náutico 1 x 0 Sport: Timbu vence e rebaixa Sport

Náutico 1 x 0 Sport: Timbu vence e rebaixa Sport

Aldo Carneiro/Futura Press

No clássico de Recife, vitória do Náutico que decretou o rebaixamento do Leão para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Um dos maiores sonhos de qualquer torcedor é ver seu time rebaixar o maior rival para a Segunda Divisão. Os quase 20 mil torcedores alvirrubros que compareceram aos Aflitos puderam assistir de perto a vitória do Náutico sobre o Sport Recife por 1 a 0, gol de Araújo. O resultado não só decretou o rebaixamento do rubro-negro, como também confirmou a classificação do Timbu para a Sul-Americana.

Saulo defende pênalti

Logo aos 7 minutos, Cicinho atrasou a bola para Saulo que se atrapalhou. Rhayner chegou na dividida, mas o goleiro rubro-negro conseguiu afastar o perigo. 3 minutos depois, após a cobrança de falta, bobeada da zaga do Sport, Kieza aproveitou e chutou forte, mas Saulo fez grande defesa. Na sobra, Alemão chutou de primeira, mas pegou mal na bola e isolou.

O time do Náutico era melhor na partida. Aos 21 minutos, o Timbu chega novamente com perigo no lindo lançamento de Douglas Santos para Rhayner que chuta na saída de Saulo e vê a bola sair pela linha de fundo. O rubro-negro ainda teve uma oportunidade aos 28, quando Felipe Azevedo chutou cruzado e a bola saiu pela esquerda do gol de Felipe.

Mesmo sofrendo para conter as investidas do alvirrubro, o Sport chegou outra vez com perigo aos 44 minutos. Em jogada boa jogada individual pela esquerda, Felipe Azevedo finalizou e Douglas Santos tirou a bola quase em cima da linha. Na sequência, o atacante Rogério foi derrubado dentro da área e o árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou a penalidade máxima. Kieza foi para cobrança e Saulo fez a defesa.

Gol de Araújo e choro rubro-negro

O segundo tempo começou bem movimentado. No primeiro minuto, Diego Ivo errou o passe, Rhayner aproveitou e chutou forte, mas Saulo fez boa defesa. Aos 2 minutos, Araújo tirou do marcador e finalizou de fora da área, mas Saulo, novamente ele,  fez belíssima defesa e a bola ainda tocou o travessão antes de sair.

O Sport Recife respondeu aos 10 minutos, quando Hugo chutou forte da entrada da área e a bola explodiu na zaga. Na sequência, Felipe Azevedo arriscou de fora da área e Felipe fez a defesa. O Leão ainda perdeu Saulo, o melhor jogador da partida. Com fortes câimbras, o goleiro foi substituído por Matheus aos 17 minutos do segundo tempo.

A substituição transformou o time rubro-negro. Logo 3 minutos após a saída de Saulo, Souza cobrou falta, lançando a bola para Araújo marcar, sem chance para Matheus. A partir daí, foi um passeio do Náutico sobre seu maior rival. A cada toque na bola do Timbu, a torcida que lotou o Estádio dos Aflitos gritava “OLÉ”.

E os alvirrubros ainda tiveram chances de aumentar a vantagem em duas oportunidades. Com 37 minutos, Rogério tocou para Patric que chutou na saída de Matheus, mas a bola foi para fora. Já aos 40 minutos, Kieza invadiu a área e finalizou, mas a bola também saiu pela linha de fundo. A essa altura do jogo, os jogos no Serra Dourada e no Canindé já haviam terminado com a vitória do Bahia e empate da Portuguesa, respectivamente. O Sport já estava rebaixado independente do resultado final nos Aflitos.

O Timbu soube administrar o resultado até o apito final. Náutico 1 x 0 Sport. Os jogadores e torcedores alvirrubros comemorando como se fosse um título. Choro e tristeza no lado rubro-negro. Com o resultado, o Náutico garantiu a sua vaga na Copa Sul-Americana de 2013, e o Sport foi a última equipe a cair para a Série B.

Relacionados