thumbnail Olá,
Ao Vivo

Campeonato Brasileiro

  • 11 de novembro de 2012
  • • 19:30
  • • Aflitos, Recife, Pernambuco
  • Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
  • • Público total: 19252
0
TF
1

Náutico 0 x 1 Flamengo: Com pênalti polêmico, Rubro-Negro supera Timbú dentro dos Aflitos

Náutico 0 x 1 Flamengo: Com pênalti polêmico, Rubro-Negro supera Timbú dentro dos Aflitos

Renato Abreu, meia do Flamengo (Crédito: André Portugal/VIPCOMM)

Fla alcança 47 pontos e se livra matematicamente do rebaixamento

Neste domingo, o Flamengo derrotou o Náutico por 1 a 0 dentro dos Aflitos, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Renato Abreu foi o autor do gol da vitória após pênalti polêmico.

Os cariocas alcançam o nono lugar com 47 pontos e se livram matematicamente do rebaixamento, já os pernambucanos continuam na zona intermediária da tabela em décimo terceiro lugar com 45.

TIMBÚ PARA NAS DEFESAS DE PAULO VICTOR


Jogando em casa e com o apoio da torcida, o Náutico acelerou o jogo e não deixou o Flamengo respirar muito na partida.

O time do técnico Alexandre Gallo criou mais chances e só não abriu o placar graças à Paulo Victor. O goleiro flamenguista fez pelo menos duas defesas cara a cara, aos 22 minutos em cabeçada de Kieza dentro da área e na marca dos 41 na finalização de Douglas Santos.

Outro lance de perigo foi em cobrança de falta de Souza. O meia arriscou de longe e quase Kieza conseguiu desviar para abrir o placar.

Já ao Flamengo, restaram chutes da intermediária de Ibson e Amaral. Vágner Love apareceu pouco e a equipe teve problemas para entrar na grande área do time pernambucano. O primeiro tempo ficou no empate sem gols.

PERNAMBUCANOS PERDEM CHANCES ABRIR O PLACAR

Na volta para o segundo tempo, o Náutico continuou atacando, mas sem muito ímpeto dos últimos jogos. Já o Flamengo melhorou um pouco mais, equilibrando a partida.

Paulo Victor foi o destaque da partida, pois continuou salvando os cariocas. Aos 16 minutos, o goleiro defendeu chute perigoso em cobrança de falta de Souza. Cinco minutos mais tarde, agarrou um chute à queima roupa feito por Rogério.

Dimba entrou durante a etapa final e teve a oportunidade de fazer o dele, porém, dentro da área, mandou pra fora.

QUEM NÃO FAZ, LEVA ! RENATO ABREU DECRETA GOL DA VITÓRIA RUBRO-NEGRA

O futebol não perdoa quem perde tantas chances de gol. O Náutico foi punido com um pênalti polêmico cometido por Jean Rolt em cima de Wellington Bruno aos 37 do segundo tempo. Firme, Renato Abreu converteu e fez o gol da vitória do Flamengo.

Os minutos finais foram dramáticos. Os pernambucanos tentaram apertar mas esbarraram na falta de competência nas finalizações e nas mãos do goleiro carioca. Enquanto ao Rubro-Negro, o time que não atacou tanto durante o jogo inteiro, com o placar a seu favor se defendeu mais ainda e conseguiu levar três pontos de Recife que o livram matematicamente da Série B.

 

Relacionados