thumbnail Olá,
Ao Vivo

Barclays Premier League

  • 26 de dezembro de 2012
  • • 13:00
  • • Old Trafford, Manchester
  • Árbitro: M. Dean
  • • Público total: 75596
4
TF
3

Em jogo de sete gols, United vira no finalzinho e bate o Newcastle

Em jogo de sete gols, United vira no finalzinho e bate o Newcastle

Getty Images

Líderes se distanciam ainda mais no Inglês graças a gol salvador de Chicharito, que garantiu o 4 a 3 para os Red Devils em Old Trafford

Um jogaço! É isso que define a partida entre os líderes do Inglês, Manchester United, contra os 13º-colocados, Newcastle, em Old Trafford, na tradicional rodada do Boxing Day. Foram muitas oportunidades, bolas na trave, defesas milagrosas e sete gols no total! Por muito pouco, Sir Alex Ferguson não foi dormir neste dia 26 com uma dor de cabeça. Mas graças a um gol salvador de Chicharito, especialista em salvar a pele red devil nos minutos finais, o United garantiu a virada por 4 a 3 e a diferença segura de sete pontos para o segundo colocado, Manchester City. A equipe de Ferguson chegou aos 46 pontos.

Já o Newcastle caiu para 15º lugar, com 20 pontos ganhos. Os gols foram marcados por James Perch, Papiss Cissé e Evans, contra, para os Magpies; o mesmo Evans marcou o primeiro da sua equipe, seguido por Evra, Van Persie, artilheiro com 13 gols, ao lado de Michu, do Swansea, e Chicharito Hernandéz.


A zebra passeia em Old Trafford no primeiro tempo

O United tomou a iniciativa da partida, mas quem abriu o placar foi o Newcastle. Logo aos 4 minutos, James Perch ficou com rebote depois de De Gea defender um chute de Cissé e não perdeu a chance. Com uma forte marcação no meio-de-campo, o Newcastle não deixava o United jogar com a velocidade que gostaria. Mesmo assim, aos 25 minutos, depois de uma confusão em cobrança de falta, Jonny Evans conseguiu ficar com a sobra para empatar.

Não seria o único gol do zagueiro dos Red Devils na partida. Apenas quatro minutos mais tarde, o mesmo Evans acabou desviando chute de Demba Ba contra o próprio gol. O bandeira anulou a joga, alegando que Cissé, que estava impedido, havia participado. Mas o juiz voltou atrás e deu o gol.

A confusão do gol deixou os donos da casa desnorteados por um momentos e o Newcastle passou a comandar as ações, criando boas oportunidades para ampliar ainda mais o placar. Aos 38, Marveaux chegou a mandar uma bola no travessão em cobrança de falta.

A virada dos Red Devils

Sabendo do risco que estava correndo, podendo deixar o City encostar novamente, o United voltou apara a segunda etapa decidido a correr atrás do resultado, exercendo toda a sua superioridade, especialmente ofensiva. Logo aos 13 minutos, Patrice Evra ficou com uma sobra fora da área e mandou no cantinho do goleiro Tim Krul para empatar: 2 a 2.

Até este momento, a partida era muito equilibrada. Entretanto, ao chegar ao empate, o United foi para cima e a pressão começou. Quando parecia que a virada estava próxima, Papiss Cissé mandou de primeira, de perna esquerda, após cruzamento de Obertan, e colocou os Magpies na frente novamente: Newcastle 3 a 2.

Entretanto, mal houve tempo para celebrar: três minutos depois, Van Persie, que não vinha fazendo uma grande partida, tentou duas vezes e, na segunda, conseguiu furar a barreira do Newcastle para empatar novamente.

A pressão do United se tornou sufocante até o fim. Foram chances incríveis desperdiçadas em sequência por Van Persie e Chicharito, duas vezes. O goleiro Tim Krul operou ainda um milagre em uma cabeçada do mexicano. O Newcastle também teve tempo de mandar uma na trave com Shola Ameobi. Entretanto, de muito insistir, Chicharito acabou conseguindo o que queria: aos 45 da segunda etapa, Carrick cruzou e ele surgiu livre, na frente do gol, para virar a partida e garantir os três pontos para os donos da casa.

Relacionados