thumbnail Olá,
Ao Vivo

Copa das Confederações

  • 16 de junho de 2013
  • • 16:00
  • • Maracanã, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
  • Árbitro: E. Osses
  • • Público total: 73123
1
TF
2

México 1x2 Itália: Balotelli brilha no Maracanã e garante vitória da Azzurra

México 1x2 Itália: Balotelli brilha no Maracanã e garante vitória da Azzurra

Getty Images

Com a vitória, os italianos chegam aos mesmos três pontos do Brasil, mas perdem nos critérios de desempate

A Itália venceu o México por 2 a 1, no Maracanã, neste domingo, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa das Confederações. Os gols da Azzurra foram marcados por Pirlo e Balotelli. Chicharito Hernández balançou as redes para os mexicanos. Com o resultado, a equipe de Cesare Prandelli ocupa a vice-liderança do Grupo A do torneio, com os mesmos três pontos do Brasil, mas perdendo no saldo de gols. O México é o terceiro colocado, ainda sem pontos. Na próxima rodada, os italianos enfrentam o Japão, na Arena Pernambuco. Os mexicanos jogarão contra o Brasil, em Fortaleza. Os dois confrontos acontecerão na próxima quarta-feira.

Pirlo faz golaço e Chicharito empata

A seleção italiana começou tomando as ações e teve uma grande chance de gol logo aos 6’, quando Balotelli recebeu belo passe de Montolivo e, dentro da área, obrigou Corona a fazer boa defesa. Dois minutos depois, o atacante do Milan voltou a dar trabalho, desta vez em chute de fora da área. Os mexicanos responderam logo depois, quando Guardado acertou a trave de Buffon.

O México começava a equilibrar o jogo quando Pirlo abriu o placar aos 27’, em uma grande cobrança de falta. Corona, de maneira estranha, recolheu o braço no lance, mas a falha não diminuiu o golaço do maestro da Azzurra. No entanto, minutos depois, Barzagli vacilou na saída de bola e, aos 33’, acabou derrubando Giovanni dos Santos dentro da área. Chicharito Hernández bateu com categoria e empatou o jogo.

Balotelli marca e é ovacionado

A etapa derradeira não teve tantos lances de perigo quanto os primeiros 45 minutos. O jogo ficou muito concentrado no meio de campo, mas a Itália foi superior e chegava com mais perigo na área mexicana. As principais chances, no entanto, foram na bola parada, sempre com Pirlo. O camisa 21 quase marcou o seu segundo gol de falta aos 53’ – a bola ‘tirou tinta da trave.

Aos 78’, a Azzurra conseguiu entrar na área do time adversário após bela troca de passes. Balotelli usou sua força na disputa de corpo e conseguiu estufar as redes de Corona, recolocando os italianos na frente. Na comemoração, o polêmico jogador somente tirou a camisa (o que lhe rendeu um cartão amarelo) e ficou sério, como geralmente faz após marcar seus gols. Aos 85’, quando foi substituído por Gilardino, Balotelli foi ovacionado pelo Maracanã, que o reconheceu como grande herói do dia.

Relacionados